A boiada aponta os chifres para os tropeiros golpistas

malcon-x-midia

Prezado Ator, Médico, Professor e Psicanalista Júlio Conte, Porto Alegre, RS

Desde 2013 assistimos nosso povo reduzido à condição de boiada.

Como numa tropa os pobres gritaram “fora Dilma”, bateram panelas imitando as dondocas desocupadas, a inexistente e iludida “classe média” virou caminhões de coxinhas malcheirosas e azedas, todos gritando palavras de ordem insufladas pela Globo, pela elite vendida e pelos macacos treinados nos laboratórios do imperialismo.

Estarrecido encontrei aqui em Goiânia distribuidores de panfletos com propagandas de lojas em semáforos acusando Dilma de corrupta e repetindo os xingamentos que viam nos carrões da burguesia rentista e ruralista.

As manifestações de ruas com multidões clamando por monte de bobagens como golpe militar, saudações fascistas a Sérgio Moro, a Eduardo Cunha e Aécio Neves viraram demagogicamente as “vozes das ruas” para os golpistas.

Dos estúdios e sedes das emissoras de TV e de rádio da mídia, historicamente porta voz do atraso e dos privilegiados que se querem donos do Brasil e de suas riquezas, apresentadores, jornalistas vendidos e os tais comentaristas cuspiam “informações” e matérias para manter a pastagem da boiada desorientada.

O resultado de tudo desembocou no golpe judicial parlamentar, colocando no poder o bando de ladrões, corruptos, investigados e maus caráteres sob o comando do traidor, usurpador e marionete Michel Temer.

Pronto, coxinhas e burguesia passaram a discursar que era preciso fazer sacrifícios para recuperar a economia e os empregos.

Desde o judiciário os traidores da justiça fizeram sua parte com “convicção” para ajudar o golpe. Contou com os aparatos armados dos policiais modelo soldados de Herodes, sempre prontos a atravessar espadas no povo e espetá-lo com muito ódio.

O golpe sujo dos desonestos ocupantes do poder deu passos largos contra o povo que eles ajudaram a reduzir à condição imoral de boiada, de bois de piranha mais apropriadamente.

Passo a passo os golpistas chegaram à aprovação da agudização imoral do golpe, a tal PEC que começou 241 na Câmara e virou 55 no Senado, onde os canalhas fizeram o serviço sujo de sua aprovação, sem deixar pedra sobre pedra.

O golpe “pequista” é a culminância de todo o trajeto percorrido pelos tropeiros da morte, que jogaram a boiada no embretamento entre a total falta de segurança e de apoio do executivo, ocupado pelo bando golpista; do Congresso tomado por insanos e canalhas corruptos e pelo judiciário dos vendidos promotores, procuradores e juízes plenos das convicções de traição à Pátria, à soberania nacional, à democracia e à Constituição, mais do que nunca emporcalhada e reduzida a excrementos.

Felizmente o povo começa a sacudir os couros e os chifres de bois que a elite lhes impôs sob deboches para que ele nada mais seja do que manada conduzida ao matadouro.

A PEC desgraçada foi aprovada pelos sabotadores lesa Pátria, mas o povo reage.

Antes da seção terminal que aprovou o atentado aos direitos humanos pesquisa divulgada pelo jornal catecismo dos traidores e dos tropeiros divulgou que a opinião pública é 60 % contra a PEC 55 e 19% responderam que não sabem de que trata o texto da desgraça.

94% são contra a eleição indireta do possível substituto do golpista Temer.

As pesquisas refletem o debate que se dá em todo o País revelando a iniquidade do que querem os golpistas ao protegerem os interesses dos ricos roubando dos pobres.

As centrais sindicais e os movimentos sociais se unem cada vez mais e se organizam para a derrubada de Temer e seu bando de saqueadores.

No dia 13 de dezembro pedras voaram contra as vidraças do símbolo atual do golpe e do fascismo patronal em São Paulo, a FIESP, uma das patrocinadoras da sabotagem à Constituição e ao Estado social. Em Brasília trabalhadores e estudantes  trancaram estradas e incendiaram ônibus.

Esses são alguns dos milhões de sinais da perda de paciência do povo com o golpe que castra seus direitos.

A retomada do sentido de povo despoluído das lavagens injetadas pelo consórcio mídia-bancos-imperialismo sinaliza cansaço e reação contra a barbárie imposta e falsamente legal.

Um povo que desperta das cangas, dos couros e dos chifres de boiada, figura urdida pelos safados que o manipulam, pode se revoltar e  fazer o acerto justo com quem o desrespeita.

Portanto, é hora da unidade através de uma agenda séria que seja capaz de orientar a rebeldia que estourará logo após as festas de passagem de ano.

A unidade não rejeitará ninguém nem mesmo os trabalhadores iludidos e feitos coxinhas traidores devem ser preteridos. O momento é de mudanças e todos são incluídos e não julgados pelos erros de seguir a trombeta dos traidores e golpistas.

Não nos surpreendamos com as mudanças de posições no próprio chiqueiro dos traidores e golpistas.

Apenas devemos praticar a lição de que a saída não deve se dar no campo da conciliação com os interesses dos golpistas nem sob a intimidação que deles partirá.

Chega a hora da virada, mesmo que o consórcio corrupto judiciário-parlamento-bancos-mídia pareça forte. A união nacional é muito mais robusta.

Às direções políticas do campo nacional, democrático e popular cabe o dever da unidade. É preciso superar os desfiles de charmes e de hegemonismos com cada grupo querendo se impor aos outros. 

O povo pede direções de qualidade política com clareza e objetividade da luta na superação de método  “tropeiros que comandam boiadas instintivas”.

Agora é a hora da virada. O princípio lenilista de que “os de cima não conseguem governar os debaixo e os debaixo não querem mais ser governados pelos de cima” dá indícios inquestionáveis da falência do golpe e da bateção de cabeças dos golpistas. Quem tem o dever de não bater cabeças e falir é o povo. 

Clique aqui para acessar o Canal CRP no You Tube.  Inscreva-se no Canal. E aqui para curtir nossa página no Facebook.

  • Abraços críticos e fraternos na luta pela justiça e pela paz sociais.
  • Dom Orvandil, OSF: bispo cabano, farrapo e republicano, presidente da Ibrapaz, bispo da Diocese Brasil Central e professor universitário, trabalhando duro sem explorar ninguém.

4 Comment

  1. airoldi lacroix bonetti junior says: Responder

    Combatamos o príon golpista e ilusório, como o mal da vaca louca, que degenera a massa pensante dos que se fizeram vacuns e como bichos desorientados estouraram a boiada, do fascismo, preconceito e da falsa moral, como disse nosso querido irmão, juntos somos fortes, os tropeiros da desgraça não passarão…

  2. Marly Valentim says: Responder

    Bom Dia,Dom Orvandil!!

    A aprovação desta Maldita PEC-55,tenta finalizar o golpe traçado pelos quadrileiros que saquearam o país.
    A nós ,resta saber que é chegada a hora da virada.
    Tiremos as vendas dos olhos, deixemos de ouvir o canto da sereia e partamos para busca do que é nosso,todos juntos, em unidade de classe trabalhadora.
    O Brasil sangra…..o sangue dos inocentes.

    Abraços fraternos e aguerridos .

  3. Yolanda Soares Azambuja says: Responder

    Amigo Dom Orvandil Moreira Barbosa, hoje eu tive um dia de grandes reflexões. Nas primeiras horas da manhã, recebi na sombra do meu arvoredo, um Grupo integrante de um Projeto Educacional de nossa cidade. Crianças numa faixa etária de oito à onze anos. Não estava previsto que eu deveria permanecer com eles. Mas como boa anfitriã e professora, apaixonada pelo magistério, não perdi a oportunidade de conviver e trocar experiências e conhecimentos com meus pequenos visitantes e jovens colegas.

    E SEM CERIMÔNIA NENHUMA INTEGREI-ME AO GRUPO, DEPOIS DA LICENÇA DAS PROFESSORAS ACOMPANHANTES.

    BRINCADEIRA É BOM E NECESSÁRIA! MAS EU QUERIA CONHECER MAIS DO QUE A FISIONOMIA DAS CRIANÇAS QUE ALI ESTAVAM…

    PUDE SENTIR O QUE É PRA ELES, ” SER CRIANÇA “, NOS DIAS DE HOJE.
    PUDE CONSTATAR QUE ELES NÃO IGNORAM A PODRIDÃO EM QUE ESTÁ ATOLADO O NOSSO PAÍS.

    LEMBREI-ME DA MINHA INFÂNCIA E DA EMOÇÃO AO ESTUDAR OS FEITOS DOS HERÓIS DA PÁTRIA.
    HOJE DIANTE DE MIM, CRIANÇAS CONSCIENTIZADAS CONHECEM BEM E SABEM OS NOMES DOS LADRÕES DA PÁTRIA.

    A CRIANÇA SEMPRE FOI A MINHA MAIOR PREOCUPAÇÃO. QUE MARCAS ESTAMOS GRAVANDO EM SEUS CORAÇÕES? O QUE LHES ESTAMOS ENSINANDO?
    O QUE OS PARLAMENTARES DE HOJE ESTÃO DEIXANDO-LHES COMO EXEMPLO?
    QUANTAS SERÃO BOLSONAROS? AÉCIOS? OU CERRA OU TEMER?

    PERGUNTO-LHE, DOM ORVANDIL: QUANTAS CRIANÇAS , SABERÃO DISCERNIR QUANTO AO CERTO E AO ERRADO?

    NAS CRIANÇAS DE HOJE, MEUS VISITANTES SENTI REVOLTA! QUEREM MUDANÇA!
    QUEREM VOTAR! QUEREM GRITAR! QUEREM CRESCER!

    E COM TRISTEZA EU CONSTATEI A QUEIMA DA ETAPA DAS BRINCADEIRAS,
    DO QUE É CANTAR, DO QUE É JOGAR, DO QUE É BRINCAR…

    POR OUTRO LADO TEMOS A CERTEZA DE QUE NINGUÉM MAIS ENGANA A JUVENTUDE.
    CADA VEZ MAIS UNIDA, MAIS SÁBIA, MAIS CONSCIENTIZADA.

    ESSA É A NOSSA GRANDE E MAIOR ESPERANÇA!
    E QUE AS CRIANÇAS SIGAM ESSE EXEMPLO,,,

  4. […] Fonte: A boiada aponta os chifres para os tropeiros golpistas – CartaS e ReflexõeS ProféticaS […]

Deixe uma resposta

contador de visitas gratis