Cobra_onça-card

A cobra ameaça fumar e a onça beber água:  crescem sintomas de greve e luta na defesa do Brasil

Caminhoneiros e  caminhoneiras se irritam com o desgaste de seus ganhos na direção perigoso dos transportes das riquezas do Brasil. Inquietam-se com o massacre que sofrem por parte do descalabro do desgoverno de Jair Bolsonaro e de sua turma de delinquentes e depositários em paraísos fiscais.

Somam-se à essa irritabilidade os petroleiros da FUP, que ameaçam com greve nacional caso a Câmara do Artur Lyra paute a privatização da Petrobrás.

As famílias cada vez mais empobrecidas ouvem mais os roncos de seus estômagos em tom desesperador, muito mais do que qualquer outra melodia.

O luto sombreia de dor  dos ente queridos dos mais de 606 mil mortos, genocidados pela pandemia usada como gestapo pelo fascismo ocupante do Palácio do Planalto.

Enfim, nosso país virou vale de sobras de sofrimento e de morte com o povo inexplicavelmente em silêncio, com as panelas vazias e guardadas, sem bateção em varandas, sacadas e janelas de desprestigiada e vacilante desclassificada média.

Porém, entre o nevoeiro de desgraças e o silêncio, movimenta-se a contradição, que nega tudo isso como possibilidade, mínima que seja, de ser justa e aceitável.

Todos esses problemas, somados a todos os outros que se apresentam na conjuntura como é o caso do furo que mostrou as molecagens e pornografias com  a ciranda financeira por parte do mega burguês André Esteves, demonstrando que os ricos enriquecem ainda mais com a dramática situação limítrofe de nosso povo, são fatores que funcionam ainda como travas num povo impactando como que a não acreditar no que vê agora e no que vislumbra para os próximos meses.

Contudo, caminhoneiros/as, petroleiros e parlamentares da têmpera do Deputado mineiro Jorge Solla,  que afirmou por sua conta no Twitter que o “barril do petróleo está em US$ 85. Wall Street estima que preço sobe 10 dólares até estabilizar por longo período. Litro da gasolina chegará a R$ 8 – se real seguir perdendo valor, chega a R$ 10. Reestatizar a Petrobras integralmente virou questão de sobrevivência para o Brasil”, ostentam sinais efetivos do ronco da cobra que quer fumar e da onça na sua hora de beber água.

Isto é, na hora em que o TSE não caça a chapa fake news , dos golpistas e malandros que o mercado apoiou no seu golpe contra o Brasil e o seu povo, é sintoma de que a cobra não fuma nem a onça bebe água através dessas instituições que legalizam a manipulação e impõem o programa neoliberal dos negócios dos poderosos e mega ladrões, de juízes que julgam a favor da malandragem e da destruição do país, agora em pleno genocídio.

É hora de a cobra fumar e a onça beber água pelas mãos do povo, que é chamado a avançar na sua ira, na sua revolta e na resistência a tudo o que o ameaça, inclusive de ter uma pátria democrática e justa. Essa demanda popular pede aprofundamento na mobilização organizada e abrangente a milhões, bem apara além dos 700 mil fotógrafos e repórteres de redes sociais em manifestações tímidas no dia 02/10,  sem consequências.

Precisamos fazer a cobra fumar, trazer a onça para beber água e botarmos para quebrar.

A poesia “A onça vai beber água!” de Sandra Ferrari Radich como que grita essa emergência.

“Tá na hora de a onça beber água!
É agora! Ela vai aparecer
Tá na hora do vamos ver
A onça distraída não resolve nada.
__________
Agora é decisivo
Tá tenso, tá difícil,
Mas não é impossível”

Sim, já passa da hora de quebrar a distração da onça. Este estado  letárgico não é normal porque não é justo nem digno. A dignidade pede pela natureza forte da cobra sem focinheira e na selva das multidões, fumando e unindo a todos nós.

Povo nas ruas, unido, expressando sua consciência de classe, derrubando tudo o que não é justo, é o estado natural como o da onça bebendo água e da jiboia em plena selva.

Essa recuperação da revolta popular é urgente visto que os malandros da classe dominante não dormem nas palhas. Eles se preparam para jogar a cobra e a onça sobre e contra nós.

Nossa cobra deve fumar e a nossa onça beber água em plena greve geral com projeto de salvação nacional. Não dá mais para esperar.

Abraços proféticos e revolucionários,

Dom Orvandil.

******************************************************************************************************

PROGRAMAÇÃO DO CANAL E DO SITE CARTAS PROFÉTICAS

– Chimarrão Profético: todas as terças e quintas feiras, às 11 horas;

– Leitura Profética: todas as quarta feiras, às 11 horas;

– Fé e  Luta: todos os sábados, às 11 horas;

– Mergulho nas Notícias: todas as segundas feiras, às 10 horas;

– Arte e Vida: todas as sextas feiras, às 19 horas;

– Reflexão do Evangelho: todos os domingos (programa gravado);

– Vigília e Resistência na Pandemia;

– Impactos das Notícias: notícias analisadas a qualquer momento (ao vivo).

Apoie este projeto com sua doação com o seu melhor valor. Pelo  Pix domorvandil@gmail.com.

Acesse e leia mais. Compartilhe:

Inscreva-se, ative o sininho, comente, dê likes, compartilhe e apoie sempre!

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.