delinquente_multinacional

A confissão descarada do ladrão e golpista da Bolívia acentua a necessidade de forças armadas patriotas e populares

A sua solidariedade ao Cartas Proféticas é fundamental e essencial para a manutenção deste trabalho e sua ampliação. Não lhe pedimos esmolas nem nos movemos pela exploração da economia popular. Reforce-a com seus contatos e amig@s: http://cartasprofeticas.org/colabore.

Acesse também e compartilhe o Canal Espiritualidade Revolucionária no You Tube.

Por Dom Orvandil (domorvandil@gmail.com)

Aqui no Brasil somos atordoados por deboches e afrontas sem fim. Para nos limitarmos aos últimos anos recordamos do traidor Joaquim Barbosa e a tal ‘teoria do fato”, um paradigma nazista aplicado na condenação e perseguição de patriotas brasileiros na famosa dança do griolo doido, a chamada “mensalão”.

Depois fomos atacados pelos bandidos lavajateiros, um bando de criminosos de todos os crimes, a destruir o país com as artimanhas mentirosas, desde o power point até as violências mais brutais praticadas pelos caipiras e delinquentes Sérgio Moro e Deltan Dallangnol. Somaram-se ao monturo cloacal um punhado de outros ratos como Aécio Neves, Eduardo Cunha, Michel Temer, Jair Bolsonaro, para mencionar apenas os mais caras de pau, verdadeiros atores televisivos, que debocham do povo brasileiro.

Atualmente se somam a eles Bia Dória com seu desprezo aos pobres e despojados moradores das ruas de São Paulo e, nos últimos dias, o descendente colonial, o “seoSiqueira, o humilhador de trabalhadores, com sua imensa cara de pau, no entanto, cara e coroa da burguesia brasileira: humilha, dá carteiradas, acha-se o dono da verdade e mandão no mundo.

Todas estas e mais 199 mil outras são parte dos segmentos mais sujos da sociedade brasileira e latino americana.

Nessa corda se alinha o rato Elon Musk, o golpista ladrão da Bolívia.

Com o enriquecimento em cima do sangue e dos corpos da classe trabalhadora, o “seo” Elon, indecente estadunidense, confessou que deu golpe contra o Presidente Evo Morales com o objetivo de roubar o lítio.

O marginal branco digitou na conta dele no Twitter que dará “golpe em quem quiser. Lidem com isso!”. 

Uma reportagem do Brasil de Fato sintetizou que o delinquente, digno de ser penalizado com fuzilamento pelos altos danos causados à Bolívia e a seu povo,  citou palavras do marginal burguês, o debochado golpista que escreveu no dia   July 25, 2020 (Elon Musk (@elonmusk), achando-se seguro de não ser aprisionado, julgado e punido,    que  “mais de 50% dos depósitos de lítio globais se encontram no ‘Triângulo do Lítio’ – com fontes do material concentradas na Argentina, Bolívia e Chile. Os desertos montanhosos da Bolívia – o Salar de Uyuni – têm de longe as maiores reservas conhecidas”.

Agora os golpistas bolivianos, ratos de esgoto a serviço do golpe contra o povo, na Bolívia, predominantemente indígena e pobre, defendem que a empresa ladra de lítio e de outras matérias primas se estabeleça em Salar e Uyuni para roubar,  montando gigantesca fábrica de matérias feitas de lítio.

Diante das constantes ameaças dos Estados Unidos, nação guarida dos grandes comandos da guerra, da rapina e do roubo na América Latina, derrubando governos que ousem aplicar as riquezas naturais em favor de seus povos o ex presidente Lula declarou à HISPANTV  que “a verdade é que a América Latina não tem o direito de ser democrática e cuidar do seu povo, porque os americanos ameaçam os latino-americanos como se fosse seu próprio quintal (…) alguém sempre aparece e estrangula a mudança de regime. Alguém sempre vem prejudicar a democracia, e os Estados Unidos estão sempre por trás disso”.

Que os inocentes pacifistas e caminheiros da falsa terceira via me perdoem, mas não há como o povo se promover e construir relações econômicas justas e sociais democráticas se não tomarmos o poder real.

Isso implica na formação de Forças Armadas realmente patrióticas e comprometidas com o seu povo e não como tietes subornadas da burguesia.

Na América Latina temos dois exemplos eloquentes de forças armadas efetivamente patrióticas  e defensoras da soberania dos seus povos: a cubana e a venezuelana.

Nelas, a partir delas  e entre os soldados de lá não há espaços para fantoches e bandidos como os milicianos brasileiros, sendo Jair Bolsonaro o protótipo dos traidores.

As forças armadas cubana e venezuelana jamais permitirão ladrões e salteadores como os que mencionei acima, cujo modelo é o vagabundo Elon Musk.

Leia e acesse mais. Compartilhe, também:

– Chimarrão Profético com Jeferson Miola: “Forças Armadas, Judiciário, Congresso, Neoliberalismo etc”.

– Chimarrão Profético com a pastora Lusmarina Campos Garcia: “Direitos humanos, cristãos/ãs na luta, aborto e justiça econômica”.

– Chimarrão Profético com a Dra. Juliana Dias: “Fake news evangélicos e gastronomia”.

– O desembargador que dá coices, a primeira dondoca Bia Doria e o falso arrependimento.

– Chimarrão Profético com Elisa e Geórgia: “A educação sob massacre econômico e pandêmico”.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.