deduduros fazem vítimas

A dedoduragem e as delações são consequências covardes do golpe e do judiciário eticamente de porão

O episódio  envolvendo  Marcos Lula, filho de ex presidente Lula, que projetou sobre ele denúncia falsa de uso de drogas, com policiais que são funcionários públicos pagos pelo povo, com delegado vira-lata irresponsável, com juíza que emitiu ordem de busca e apreensão de bens da família serve para mostrar o rebaixamento ético a que chegamos.

No abismo de tanta baixaria o que vale são dedoduros que se tornam autoridades e delatores que são contados como fontes  da verdade dos lavajateiros de powerpoint cheios de convicções e vazios de verdades.

A falta de vergonha, de caráter e honradez dos inimigos da democracia é de tal monta que mentiras de telefonemas anônimos, sem que delegado, juíza, policiais e governador se sintam desobrigados de provar o desrespeito com que mentem com o objetivo de perseguir e destruir Lula e sua família.

A barbaridade da dedoduragem, uma das marcas dos delatores oportunistas e cheios de crises emocionais, é uma das expressões do Estado policialesco do após golpe.

Todas as mentiras e fome de holofotes só valem quando se referem a Lula, a Dilma e aos partidos que foram bases de seus governos. Para Aécio Neves, FHC, José Serra e tantos outros, como o próprio chefe de quadrilha, Michel Temer, que se queixa de perseguição, as delações e até provas não valem nada.

Essa situação é muito própria para o fascismo e para as comadres analfabetas políticas, que “pensam”, falam e fazem  com base no “acho” que eles disseram ou fazeram. Ou até mesmo com base no ódio, sentimento esse pai da mentira, da perseguição e da destruição do outro e da democracia.

A grande jornalista Tereza Cruvinel tem razão quando pondera que “se houve denúncia anônima contra Marcos Lula, certamente partiu de adversários do ex-presidente, na perseguição sem limites que está em curso contra ele, empenhada não apenas em inabilitá-lo eleitoralmente, mas em desmoralizar, espezinhar e desconstruir a confiança de que ele junto à maioria da população, como mostram as pesquisas. Mas, mesmo que tenha havido uma denúncia anônima mal intencionada, a Polícia Civil de São Paulo continua devendo explicações. Pois como questionaram os deputados estaduais petistas, se houve denúncia contra uma moradia, por que razões a ação de busca e apreensão foi realizada em dois endereços, o anterior e o atual?” (Aqui).

A nós povo cabe a luta permanente contra os abusos, o fascismo e, sobretudo, contra o golpe na busca da retomada de democracia e de um judiciário à altura de nosso povo e do Brasil.

Colabore com o Cartas Proféticas que analisa as notícias, busca os nexos com o todo, com as causas e os efeitos e critica  propositivamente.

Compartilhar:



Um Comentário

  1. […] Fonte: A dedoduragem e as delações são consequências covardes do golpe e do judiciário eticamente de p… […]

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.