bibiano_arrependido

A desgraça Bolsonaro provoca lágrimas de crocodilo em Bibiano,  do partido laranjal

O jornalista Gerson Camarotti informou na coluna dele no G1 que Gustavo Bibiano desabafou a interlocutores mais próximos profundo arrependimento por ter se empenhado dedicadamente na eleição do capitão do mato e laranjal Jair Bolsonaro

Bibiano teria dito, sentido,  que “preciso pedir desculpas ao Brasil por ter viabilizado a candidatura de Bolsonaro. Nunca imaginei que ele seria um presidente tão fraco”.

Evidentemente que Gustavo Bibiano não é nenhum santinho nem inocente na ajuda criminosa de traição à pátria que deu ao processo fraudulento, golpista e sujo das eleições de 2018 para eleger a máfia miliciana para desgovernar e apodrecer o país, submetendo-o à voracidade da ganância da guerra e da máfia internacional sob o comando dos Estados Unidos.

Gente “arrependida” como Bibiano precisa mesmo é de julgamento popular e condenação por crime de lesa pátria.

Sem dúvidas, a briga de bugios dentro do laranjal pode ser útil para jogar na cara da opinião pública manipulada o que já esperávamos do tipo desqualificado do quadro miliciano que saiu das eleições golpeadas, conduzindo um inimigo da pátria ao governo.

A “descoberta” de Gustavo Bibiano de que não imaginava que Bolsonaro fosse tão fraco para controlar seus esfomeados filhos, na verdade, é sofisma que tenta enganar os incautos. O ministro ou ex ministro ou o incerto ministro, mas chefe de uma campanha eleitoral fraudulenta, na verdade, faz disputa de beleza com os filhotes Bolsonaro na ocupação de espaços no “desgoverno” daquele que hoje considera louco e despreparado.

O arrependimento que mais importa de agora em diante é o do povo brasileiro, que foi iludido e enganado com mentiras pesadas e manipulado por forças poderosas, que o levam à desgraça e à destruição do país, nossa base de vida e de existência.

Deixe uma resposta