vm_documento-da-cnbb

A Verdade e a Mentira

Recebi do meu amigo Frei José Fernandes Alves (acesse aqui a participação do Frei Fernandes no Programa Fé e Luta no Canal Cartas Proféticas), consultor da CBJP-CNBB e assessor da Comissão Dominicana de Justiça e Paz do Brasil e de movimentos sociais, um texto intitulado A Verdade e a Mentira.

Trata-se de um documento sério publicado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil sobre o clima de mentiras e de fake news, com fóruns de institucionalidade, que tumultuam e fragilizam o nosso já balado e sofrido país. Tanto que o texto é assinado por Dom Walmor Oliveira de Azevedo Arcebispo de Belo Horizonte e Presidente da CNBB.

Além de agradecer a generosidade do Frei José Fernandes Alves e à CNBB por nos enviar tão importante preocupação, publicamos abaixo este chamamento bem aos sites inidcados, que ajudam a desmascarar as fake news.

Muito obrigado.

Abraços proféticos e revolucionários,

Dom Orvandil.

****************************************************************

Apresentação de Dom Walmor

As palavras de Jesus Mestre são fortes, diretas, sem margens para manipulações: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. Espera-se, pois, sobretudo dos discípulos de Cristo, irrenunciável compromisso com o caminho, com a verdade e com a vida. Esse compromisso é frontalmente incompatível com a disseminação de fake news. Não se constrói a boa política, bem definida pelo Papa Francisco – aquela comprometida com o bem comum – sobre os alicerces da mentira. Por isso mesmo, sempre desconfie de quem dissemina inverdades,  buscando a via da destruição,   do desrespeito, das manipulações. Sabe-se que neste tempo de tantas facilidades tecnológicas, muitos se valem das ferramentas digitais para disseminar mentiras, destruir reputações. Sabe-se também que existem muitos recursos para reconhecer o que é verdade ou mentira. Neste contexto, espera-se dos autênticos discípulos de Jesus um rigoroso discernimento sobre o que compartilhar. Seguir os passos da verdade, do Mestre Crucificado-Ressuscitado, é incompatível com um agir descompromissado, que faz circular o mal na forma de enunciados. Desejo que possamos trabalhar juntos para que a nossa fé inspire sempre a atitude ética de, incansavelmente, se buscar a verdade, pois somos discípulos da verdade, do caminho, da vida, seguidores do mestre Jesus. Em comunhão de preces e ajudando a política melhor e necessária.

Belo Horizonte, 12 de maio de 2022

Dom Walmor Oliveira de Azevedo Arcebispo de Belo Horizonte e Presidente da CNBB.

A Verdade e a Mentira em tempos de encantar a Política

Jesus se definiu para nós ao dizer “Eu sou o cami[1]nho, a verdade e a vida” (João 14,6). A sequência não é aleatória. Primeiro, é preciso abraçar a proposta de Jesus como Caminho, a vereda capaz de nos levar a uma vida melhor, mais coerente e feliz. A vida nos oferece vários caminhos: do sucesso, da ambição de poder, do apego ao dinheiro, do crime, da solidariedade, do bem, etc. Jesus, porém, nos oferece o seu exemplo de vida como o Caminho. E sua proposta, contida nos quatro Evangelhos, está resumida nas bem-aventuranças contidas no Sermão da Montanha (Mateus 5, 1-12). Para abraçar o Caminho proposto por Jesus é preciso ser fiel à Verdade. Só assim alcançamos o que a Vida pode nos proporcionar o que há de melhor: saúde, felicidade, generosidade, justiça e paz. Mas “o que é a verdade?”, perguntou Pilatos ao julgar Jesus (João 18, 38). E não mereceu resposta. Não tinha ouvidos para ouvir nem olhos para ver que a verdade estava diante dele. Por isso, Jesus se calou. Hoje em dia – época que muitos definem como a da “pós-verdade” –, o descaramento dos opressores chega a ponto de negarem as verdades mais óbvias. Verdade óbvia é um fato comprovado pela Ciência. Exemplo: o planeta Terra, no qual vivemos, é redondo. No entanto, até chefes de Estado negam que a Terra seja redonda, como alguns negaram também a gravidade da pandemia de Covid-19. Essas mentiras deslavadas são conhecidas hoje pelo nome em inglês:  fake news.  Fake  significa falso, e news, notícias. Como o mundo globalizado se tornou uma aldeia virtual, na qual todos podem se comunicar com todos por meios eletrônicos e redes digitais, chega às raias do absurdo o cinismo daqueles que escolheram como caminho fortalecer a desigualdade social, o preconceito étnico, a predominância do capital sobre os direitos humanos, os governos autocráticos sobre os democráticos, etc. Quem mais usa a mentira, as fake news, disfarçadas de verdades? São os políticos interessados em destruir a democracia; os religiosos fundamentalistas  que enganam os fiéis para defender suas ambições financeiras e políticas; os grandes meios de comunicação social aliados ao capitalismo; o poder econômico exercido por 1% da população e que detém 99% das riquezas existentes, etc. Exemplos comuns de  fake news: a cloroquina cura Covid; as religiões de matriz africana são coisas do demônio; os Estados Unidos são exemplo de democracia; as pessoas brancas são superiores às negras, as urnas eletrônicas não são seguras, etc. Como evitar cair nessa armadilha da mentira? Como saber o que é verdade e o que é mentira? Para isso, devemos ter critérios, como ouvir a opinião de pessoas cujos exemplos de vida nos inspiram. Desconfi ar de tudo que dizem nas redes digitais e nos grandes meios de comunicação. Ter espírito crítico. E diante do que transmitem,  buscar respostas a estas perguntas: Isto favorece uma vida melhor para os mais pobres? Isto faz com que “todos tenham vida e vida em abundância” (João 10, 10) ou apenas uma minoria privilegiada da sociedade? E, sobretudo, levar nossas dúvidas para o debate com pessoas e grupos nos quais confi amos. Ler, conversar, procurar se instruir sempre mais.

Para saber se uma notícia ou informação do noticiário ou das redes digitais é verdade ou mentira:

a) Agência Lupa A Agência Lupa é a primeira do setor de che[1]cagem de fatos, criada no Brasil. Ela está ligada ao site Folha de São Paulo e seus trabalhos estão diretamente ligados a fatos compartilhados em período de eleição. Para entrar em contato com a Lupa, basta man[1]dar uma mensagem no  Facebook  diretamente para o Messenger, que o bot irá auxiliar a avalia[1]ção das informações como verdadeiras ou falsas.

b) Agência Pública – Truco Fundada em 2011 por mulheres jornalis[1]tas, a Agência Pública  é uma instituição sem fi ns lucrativos que avalia notícias com temas que envolvem administração pública e defesa dos Direi[1]tos Humanos. Ela é responsável por avaliar diversas falas de políticos, classifi cando-as em diversas cate[1]gorias: verdadeiro, sem contexto, discutível, exage[1]rado, subestimado, impossível provar ou falso.

c) E-Farsas Lançado em 2001, o E-Farsas é um dos sites mais antigos de checagem de notícias. O site é responsável por avaliar boatos que são espalha[1]dos diariamente pela internet. Após a avaliação, um post é feito para que as pessoas possam ter acesso ao conteúdo. Para mandar uma sugestão de notícia para o site, basta apenas ir na aba de Contato do site.

d) Boatos.com Para mandar uma sugestão de

Perguntas para serem respondidas em grupos (família, grupo religioso, movimento social, etc.)

  1. Conte se alguma vez você foi vítima ou alvo de mentiras, de fake news. Como foi? E como descobriu que não era verdade? 2. Para saber se uma notícia ou informação é verdade ou mentira, a que recursos você recorre?

Esta será a pauta do PROGRAMA VIGÍLIA E RESISTÊNCIA, SEXTA FEIRA, 27/05/22, ÀS 11 HORAS.

*****************************************************************************

PROGRAMAÇÃO DO CANAL E DO SITE CARTAS PROFÉTICAS

– Chimarrão Profético: todas as terças e quintas feiras, às 11 horas;

– Fé e  Luta: todos os sábados, às 11 horas;

– Mergulho nas Notícias: todas as quartas feiras, às 11 horas;

– Arte e Vida: todas as sextas feiras, às 19 horas;

– Reflexão do Evangelho: todos os sábados às 19 horas;

– Vigília e Resistência: sextas feiras, às 11 horas;

– Impactos das Notícias: notícias analisadas a qualquer momento (ao vivo).

Apoie este projeto com sua doação  pelo  Pix domorvandil@gmail.com.

Inscreva-se, ative o sininho, comente, dê likes, compartilhe e apoie sempre!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.