carícias_mal

André Mendonça declara, em nome do deus dele, o miliciano Bolsonaro como profeta

Por Dom Orvandil

Hoje recebi um e-mail de um tal de “seo” Silvio Marquardt.

Apaixonado pelo miliciano Jair Bolsonaro, analfabeto como essa espécie de vermes, penso que querendo contestar minha análise do “seo” picareta André Mendonça, declarando que o tal é pastor da IPB. Louvando o indigitado pastor calvinista original, usando uma linguagem rasteira de redes sociais, escreveu que Mendonça  “Eh PROFETA do POVO DE DEUS, assim como seus colegas Veterotestamentarios!”

Profeta? Como assim? Como pode um sujeito de duas caras ser profeta? Ah sim, do deus miliciano e fundamentalista pode, é claro.

Morador de Londrina, onde era membro da PGR de lá, o “seo” André Mendonça, o profeta do “seo” Silvio Marquartdt,  escreveu na “Folha de Londrina” um artigo intitulado “O povo se dá uma oportunidade”, em 2002,  exaltando a eleição do ex presidente Lula. E acrescentou o falso profeta  que “neste momento histórico (…) temos o primeiro presidente eleito, do povo e pelo povo”.

E continuo o “seo” André sua profecia, exercitando uma de suas caras: “O fato é notório e não admite discussões e assim o coração do povo se enche de esperança, o mundo nos assiste com um misto de surpresa e admiração, embora alguns confiem desconfiando, mas certamente convictos que o Brasil cresceu e seu povo amadureceu, restando consolidada a democracia não só porque o novo presidente foi eleito pelo povo, mas porque saiu do próprio povo”

Excitado numa onda digna dos melhores falsos profetas o “seo” Mendonça flutuou  nas palavras: “passemos, doravante, do corporativismo para o cooperativismo social; trabalhemos em busca do bem comum e não individual, de modo que todos tenham igualdade de oportunidades e cada brasileiro tenha condições de exercer seu sagrado direito de viver. De efetivamente viver, vivendo então o Brasil”.

Como se diz lá abaixo de Londrina: oigaletê porquera, tchê, mas que baita espertalhão e cara de pau é esse cuera, o “seo” Mendonça!

Pois é, passados 18 anos o “seo” André Mendonça, de socialdemocrata “progressista” se rebaixou a socialmiliciano reacionário, golpista, mafioso, protofascista, membro de um desgoverno neoliberal e genocida.

Esse é o profeta calvinista original delirado com glórias a deus pelo “seo” Silvio Marquartdt.

O autor do e-mail mentiroso enviado a mim é inocente ou estúpido. Se ele leu os evangelhos alguma vez não passou pelo texto de Mateus 7 , 16 – 18, onde diz: “Pelos seus frutos os conhecereis. É possível alguém colher uvas de um espinheiro ou figos das ervas daninhas?   Assim sendo, toda árvore boa produz bons frutos, mas a árvore ruim dá frutos ruins.  A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim produzir bons frutos”. 

Nesse sentido é decepcionante e revoltante a avaliação do ministro do STF Ricardo Lewandowski quando disse que o “seo” André Mendonça é  “o homem certo, no lugar certo, no momento certo”, ao se manifestar ao “profeta” de suas caras.

Certamente o ministro Lewandowski se omite diante da barbárie que é o todo do desgoverno miliciano e do fato de que lá não sobra um para produzir bons frutos ou é ignorante com relação a essa máxima antiga incluída nos evangelhos. Nem mesmo a dona que fala com Jesus subindo em pé de goiabeira.

A desordem lógica, que na verdade guarda como águas profundas os segredos da lógica dos que jogam com duas caras como falsos profetas, mostrou na posse do “calvinista original”  como ministro da injustiça, o facínora capaz de proclamar o genocida Bolsonaro, este ser dos porões sujos do milicianismo e rachadinhas do Rio de Janeiro, como profeta no combate à criminalidade.

Eis o trovão das palavras do “o homem certo, no lugar certo, no momento certo” do dr. Lewandowski ao se dirigir ao ratão no Palácio do Planalto: “vossa Excelência tem sido há 30 anos um profeta no combate à criminalidade”.

Como o verdadeiro falso profeta, o “seo” André – cujo nome grego, homem de coragem,  não tem nada a ver com ele – prometeu ao miliciano: “lutar pelos ideais de uma vida que o senhor tem combatido” (não era excelência?).

Oigaletê joça! Entre o canalha demagogo que elogiou Lula como fator de alegria do povo e o falso profeta de hoje, prefiro a luta para derrubar todos esses delinqüentes e libertar o Brasil de toda essa casta de bandidos e mentirosos.

Participe da campanha de solidariedade ao Cartas Proféticas. Reforce-a com seus contatos e amig@s: http://cartasprofeticas.org/colabore.  

Acesse também e compartilhe:

– Dor, sofrimento e indignação são os sentimentos das famílias enlutadas com o “daí?” de desdém do miliciano Bolsonaro. É preciso muito mais…

– O “e daí? Lamento”, não é apenas deboche, trata-se da monstruosidade de um projeto genocida.

– Com a jornalista Thalía Fuentes Puebla num olhar respeitoso e afetivo aos trabalhadores heróis cubanos.

– Na Paraíba: capitalismo e fundamentalismo na máxima opressão na humilhação dos trabalhadores.

– Um pastor “técnico” no ministério miliciano da justiça! Que tu achas?

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

2 Comentários

  1. "André Mendonça declara, em nome do deus dele, o miliciano Bolsonaro como profeta". Conto com sua solidariedade na alavancagem do Cartas Proféticas, compartilhando somente a chamada e o link desta postagem. Por gentileza, ative o notificações para receber as novidades do blog: http://cartasprofeticas.org/andre-mendonca-declara-em-nome-do-deus-dele-o-miliciano-bolsonaro-como-profeta/

  2. […] – André Mendonça declara, em nome do deus dele, o miliciano Bolsonaro como profeta. […]

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.