choro de haddad

As lágrimas de Haddad significam dor pela injustiça contra Lula

Fernando Hadda,  candidato a presidente, o homem abençoado pelo ex presidente Lula que, como o lider,  arrasta multidões por onde vai, não só chorou ao falar do impacto da filha Carolina na visita que fez ao perseguido pelo nazista Sérgio Moro, momentos antes de sua prisão,  no Sindicato do metalúrgicos em São Bernardo do Campo, no dia 07 de abril de 2018, mas mostrou a grande lealdade e solidariedade com o amigo dele e do povo brasilreiro.

As lágrimas de Haddad são a indignação pela injustiça sofria por Lula e pelo atentado contra o povo brasileiro.

Ao chorar como pai, como amigo de Lula e como cidadão o candidato explicitou que tem coração, que tem alma. Isso o faz diametralmente diferente dos candidatos da classe dominante e do fascismo. Alguém imagina o picole de chuchu, Geraldo Alckin,  com sentido de soliadreidade por alguém? Ou o racista, homofóbico , machista, golpista e fascista Jair Bolsonaro. Ou botox Álvaro Dias?

A direita não tem amigos, mas interesses; não tem amor mas apego ao dinheiro e ao poder; não se solidariza, faz quadrilhas para assaltar o Estado; não apoia, usa os outros como apoios para seus golpes e negócios sujos.

A direita não ama nem chora por ninguém. A experiência da emoção é coisa boa ou dolorida que só o povo e suas liderança têm. Por isso Haddad chorou amargamente de dor pela prisão de Lula e pelo sofrimento de sua filha Carolina Haddad.

Veja abaixo o vídeo curto com as palavras e as lágrimas sofridas de nosso futuro presidente da república, Fernando Haddad. 

Colabore com o Blog

 

Deixe uma resposta