Lula povo

Atenção, inimigos da Pátria tentarão acordo para “amolecer” e soltar Lula

A história é rica em exemplos de que os inimigos da Pátria, do povo, dos trabalhadores, dos pobres, do desenvolvimento com destribuição de renda e de riquizas, da democracia e da soberania nacional, sempre tentam negociar quando as lideranças fiéis são fortes e imbatíveis.

Com Lula não será difrente. O “mercado” – cujo nome certo deveria ser covil de ladrões, sabotadores e entreguistas – ao ver a irresistibilidade política e eleitoral de Lula, que eleito avançaria muito mais no aprofundamento das reformas que nao fez em seus dois mandatos, aproximando o País perigosmente do socialimso,  tentarão negociar a libertação do ex presdiente em troca de concessões que o (o mercado) beneficie.

Muito cuidado nessa conjuntura, olho cuidadoso em Lula, firmeza na mobilização organizada e consequente. Os inimigos não dormem e temem o povo nas suas conquistas.

Lula já avisou através de carta lida pelo ex ministro da saúde Alexandre Padilha:  “Tem insinuações de que se não for candidato, se não tiver holofote e de que se não falar contra a condenação, será mais fácil a votação a meu favor. A Suprema Corte não tem que me absolver porque sou candidato, porque vou ficar bonzinho. Tem que votar porque sou inocente” (com informaçãos do Brasil 247) .

Por isso a atenção exigida. O inimigo não é honesto nem patriota. Tentarão expremer Lula até à beira de depressão e do suicídio, isolando-o do povo com a ajuda da cadela adestrada do imperialismo,  que proibe visitas ao maior líder brasileiro e do mundo.

Colabore com o Blog

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com * são obrigatórios *