pastor_marcos

Bilhete Profético: “O pastor que se converteu com os orixás e afrodescendentes”

A palavra “colabore” se origina das noções “com” e “laborar” – trabalhar juntos. Junte-se a nós colaborando na manutenção deste Site e do Canal Cartas Proféticas na luta de ideias contra as mentiras dominantes e neoliberais. Acesse nossa conta: http://cartasorifeticas.org/colabore

O Bilhete Profético analisa nesta edição a experiência profunda que o pastor presbiteriano Marcos Amaral experimentou no impacto do encontro carinhoso e fraterno com as religiões afrodescendentes, principalmente com babalaô Ivanir dos Santos, como conta a repórter Clarissa Monteagudo no site Extra (https://extra.globo.com/noticias/religiao-e-fe/pastor-presbiteriano-abandona-preconceito-se-torna-uma-das-principais-vozes-contra-intolerancia-religiosa-2734172.html).

À repórter o pastor Marcos desloca corretamente seu conceito de demônio dos irmãos afrodescentes para os neopentecostais e para o imperialismo americano.  “Existe uma armadilha, um discurso de que o “Estado religioso” está acima do “Estado civil”. Dentro dessa argumentação, se o estado é contra o que dizem ser o reino de Deus vou tentar aniquilar o estado e, então, vou fazer bem a Deus. É um discurso do século 12, 14, do tempo das Cruzadas. Quando os cristãos matavam os islâmicos, eles acreditavam estar fazendo a vontade de Deus. Quando os puritanos colocaram Joana D’arc na fogueira acreditaram que o fogo iria expulsar os demônios e fazer bem a ela”, disse Marcos Amaral.

Dê likes, inscreva-se no canal, ative o sininho, comente, colabore e compartilhe.

Acesse abaixo, veja e leia mais postagens – cartas, artigos, vídeos e análises do noticiário. E compartilhe:

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.