igreja_chororô

Bispas e bispos, suaves e bonzinhos, publicam nota confusa sobre agressões e desrespeitos fascistas contra o Brasil e o povo

Por Dom Orvandil. 

Como num sermãozinho dominical para consolar conservadores e alienados, bispas e bispos episcopalian@s brasileir@s publicaram nota de “preocupação pastoral e cidadã…” com o que chamaram superficialmente de “recentes ameaças às instituições democráticas”, incluindo entre elas os golpistas, reacionários e covardes Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal.

A despeito da arrogância que faz aqueles bispos e aquelas bispas andarem de narizes empinados, o analfabetismo d@s signatári@s @s impede de observar a realidade.

Jamais tocam nem tocarão no problema causal das ameaças –  ignorantes não conseguem entender –  que é o capitalismo, em sua profunda crise orgânica, que faz  fascistas rasteiros e estúpidos como Jair Bolsonaro, como o tchutchuca do mercado Paulo Guedes, o capanga Sérgio Moro e outros do desgoverno miliciano, fantoches dos monopólios  imperialistas e dos ricaços brasileiros, traidores da Pátria.

Incapazes e sem coragem, bispas e bispos, apenas movid@s por ‘preocupação’  abrem mãos do projeto profético da denúncia séria e da luta, adulando os ameaçadores e incendiários violentos, quase pedindo perdão ao fascismo pela crítica modelo penteado em bebê, denominando de democráticas as eleições golpistas e fake news, movidas a milhões de dólares corruptos, afrontando o povo brasileiro, sobretudo a classe trabalhara com suas conquistas e direitos destruídos,  apelam à boa vontade e à oração românticas e desengajadas no respeito à falsa democracia de uma Constituição  – que já insuficiente por ser conciliadora de interesses contraditórios – ao invés de dar nomes ao que tem nome e definição ao que se define.

O nome é que os tais desrespeitadores das alegadas instituições democráticas nada mais são do que fantoches neoliberais  da ganância do imperialismo acumulador de riquezas roubadas da classe trabalhadora e do planeta, diante de cujo poderio bélico essa  igreja se cala pusilânime, com o apoio dos arcebispos da Inglaterra e dos Estados Unidos, apáticos às suas guerras arrasa as nações e os povos.

Mas as bispas e os bispos escopolhianos ao invés de ajudar a chamar o povo para a luta, para o enfrentamento nas ruas, como o fazem os chinelos, os bolivianos,  os venezuelanos,  os equatorianos e outros, como também as mulheres trabalhadoras, os sem terra, os sem teto, os petroleiros, os carteiros  brasileir@s,  se encerram nas preocupações e nas orações.

Eitaaa, como se diz por todo o Brasil e oigaletê, como se fala no RS profetas da concórdia e da boa vontade espontaneistas e voluntaristas!

Mais romance idealista não há.

Oh, coitad@s!

Leia abaixo a  “Mensagem Pastoral da Câmara Episcopal da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil” com as assinaturas.

O nosso Cartas Proféticas conta porque precisa urgente de sua forte solidariedade. Ajude-nos: http://cartasprofeticas.org/colabore

Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz à paz e à edificação mútua (Romanos 14.19).

Nós, bispas e bispos da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, 19ª Província da Comunhão Anglicana, queremos externar nossa preocupação pastoral e cidadã, com as recentes ameaças às instituições democráticas, em especial o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.

Não podemos admitir que autoridades eleitas pelo processo democrático desprezem ou desvalorizem as instituições democráticas, que são garantias de nossa participação cidadã.

Nossas discórdias devem ser resolvidas dentro dos marcos constitucionais, preservando assim a construção de relações sociais, políticas e econômicas que promovam o bem comum.

Consideramos a Democracia – reconquistada a partir da Constituição de 1988 no Brasil – uma forma de construção da cidadania, da justiça, dos direitos humanos e ambientais, e enfim da igualdade econômica, e da paz política e social.

Como toda construção a democracia requer o esforço e vigilância de todas as pessoas para que de fato possa desenvolver este potencial. Para isso no unimos em oração e ação com todas as pessoas de boa vontade que defendem a democracia no Brasil e que, através dela, querem a paz com justiça e igualdade.

Viamão – RS  , 01  de março   de 2020

Bispo Naudal Alves Gomes – Diocese Anglicana do Paraná – Primaz da IEAB

Bispo  Maurício Andrade – Diocese Anglicana de Brasília

Bispo  Francisco de Assis da Silva – Diocese Sul Ocidental

Bispo João Câncio Peixoto – Diocese Anglicana do Recife

Bispo  Humberto Maiztegui – Diocese Meridional

Bispo Eduardo Coelho Grillo – Diocese Anglicana do Rio de Janeiro

Bispa Marinez Rosa dos Santos Bassotto – Diocese Anglicana de Belém

Bispa Meriglei Borges da Silva Simim – Diocese Anglicana da Pelotas

Bispo Francisco Cézar Fernandes Alves – Diocese Anglicana de São Paulo

Bispo Clovis Erly Rodrigues – Emérito

Bispo Almir dos Santos – Emérito

Bispo Jubal Pereira Neves – Emérito

Bispo Orlando Santos de Oliveira – Emérito

Bispo Celso Franco de Oliveira – Emérito

Bispo Filadelfo Oliveira Neto – Emérito

Bispo Saulo de Barros – Emérito

Bispo Renato da Cruz Raatz – Emérito

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um comentário

  1. "Bispas e bispos, suaves e bonzinhos, publicam nota confusa sobre agressões e desrespeitos fascistas contra o Brasil e o povo". Ajude-nos a movimentar o Cartas Proféticas compartilhando somente os links das postagens: http://cartasprofeticas.org/bispas-e-bispos-suaves-e-bonzinhos-publicam-nota-confusa-sobre-agressoes-e-desrespeitos-fascistas-contra-o-brasil-e-o-povo/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.