bozo_contaminado

Bolsonaro contaminado pela COVID 19 e o desejo de que ele morra o quanto antes é fracasso moral?

  • A sua solidariedade ao Cartas Proféticas é absolutamente fundamental para a manutenção e à renovação de equipamentos. Reforce-a com seus contatos e amig@s: http://cartasprofeticas.org/colabore.

Acesse também e compartilhe o Canal Espiritualidade Revolucionária: https://www.youtube.com/channel/UC9WX….

Por Dom Orvandil.

A notícia dada pelo próprio miliciano na presidência, o sacripanta Jair Bolsonaro,  repercute interna e externamente na opinião pública.

Como diz o sociólogo Betinho, há diferença entre fato e acontecimento. Os fatos ocorrem a todo o momento e com todas as pessoas, enquanto acontecimentos são ocorrências com pessoas de relevância e importância social.

O fato é que já morreram quase 100 mil pessoas no Brasil, atingidas pela COVID 19, principalmente trabalhadores apertados nos transportes coletivos e nas moradias de grande aglomeração. Mas isso não repercute mais do que fator de aumento de audiência da mídia tradicional e golpista e para os debochados desumanos da casa grande.

Já o trapaceiro mor da República faz troça com as mortes do povo brasileiro. Aos mortos manda tocar gaita ao som da Ave Maria caipira, debocha taxando o vírus de gripezinha, sai às ruas cercado de puxa sacos e da boiada afirmando que todos morrem um dia, sem nenhuma compaixão com o nosso povo e sem nenhum projeto de salvação nacional e de saúde pública. Até porque o compromisso do protofascista é com o genocídio e não com a vida.

Agora o fantoche afirma que se contaminou com o vírus. Daí, pelo fato de o fanfarrão ocupar, mesmo indevida e irresponsavelmente,  o mais alto cargo da República, a alegada contaminação se torna acontecimento.

Diante do “acontecimento” da contaminação do Bozo surgem inúmeras reações que carecem compreensão:

  1. Internacionalmente a notícia é recebida com ceticismo diante do grande mentiroso fake news, que emite mentiras como tiros de canhões para enganar a verdade, ludibriar o povo e sombrear a ciência. Todos avaliam que o fanfarrão mente para chamar a atenção sobre ele e seu desgoverno decadente e fracassado.
  2. Há quem torça pelo vírus e até pela morte do boçal inimigo da verdade e da pátria brasileira. Nas redes sociais o vírus tem mais votos por um bom desempenho na morte de Bolsonaro do que desejo de sua recuperação. A coisa chegou ao ponto de o colunista  da Folha de S.Paulo, Hélio Schwartsman,  escrever com todas letras que o delinquente enfie as botas numa cerca: “se agrave e ele morra” para o bem da saúde  “…que já não teríamos um governante minimizando a epidemia nem sabotando medidas para mitigá-la”, disse Hélio Schwartsman.
  3. Já a golpista e jornalista do charlatanismo de direita, Vera Guimarães,  afirmou, espantada com os desejos revelados nas redes sociais de que Bolsonaro esteja contaminado e morra, dando força para o virus. “Sinto dizer que você se transformou naquilo que condena. Ou talvez sempre tenha sido, só que com selinho antifa pra pagar de humanista. Fracassamos como sociedade”, disse a dondoca burguesa do Roda Morta da TVE de São Paulo.

Pois é, daqui não atiro pedras nem flores em quem torce pelo vírus e pela morte do desgovernante maluco, ainda ocupante da cadeira de presidente no Palácio do Planalto e emporcalhando o ambiente do Palácio da Alvorada, que já foi moradia de grandes patriotas  governantes de nosso país.

Apenas afirmo que a torcida pelo vírus na atuação mortal matando o genocida auxiliar do pior deles, Paulo Guedes, é resultante das políticas de tremenda maldade, ódio e humilhação do Brasil e do povo brasileiro.

Quem age assim no governo não pode esperar carinho, compaixão e solidariedade. Cada pessoa colhe o que planta.

A descrença de o Bozo realmente se contaminou é direito da reação de quem é vítima de tantas mentiras e desordens terraplanistas e obscurantistas.

Já a reação da dondoca Vera Guimarães é típica da hipocrisia burguesa.

Como jornalista do atraso e da mentira Vera condena reações humanas de todo um povo ameaçado de morte e ainda debochado por um energúmeno debilóide,  que nada faz para proteger a sociedade.

Quem falhou não foi a sociedade, mas os fanfarrões colocados no governo por gente rasteira e medíocre como a dondoca Vera Guimarães.

O fracasso dessa sociedade se revela no silêncio omisso em face dos crimes da elite que Vera defende. O fracasso toma a forma diária na situação dos trabalhadores, de sua penúria com a fome e a miséria que já batem às portas de quem trabalha e é roubado pelos capitalistas imorais e carniceiros.

Mas isso Vera Guimarães não percebe, imersa na imensa imbecilidade de classe falida.

Talvez se o desemprego e fome a atingissem, matando seus familiares, contaminados e sem assistência, aí Vera perceberia.

Mas aí seria tarde.

“Fracassamos como sociedade”, diz Vera Magalhães, após brasileiros desejarem força ao coronavírus contra Bolsonaro

“Saio do programa e vejo que o tema mais comentado do país é uma hashtag desejando força ao vírus. Sinto dizer que você se transformou naquilo que condena. Ou talvez sempre tenha sido, só que com selinho antifa pra pagar de humanista. Fracassamos como sociedade”, disse a jornalista Vera Magalhães, após o Roda Viva com o presidenciável Fernando Haddad.

colunista da Folha de S.Paulo Hélio Schwartsman disse que torce para que o quadro de Jair Bolsonaro, que afirmou nesta terça-feira (7) estar com Covid-19, “se agrave e ele morra”. “Nada pessoal”, diz ele.

“No plano mais imediato, a ausência de Bolsonaro significaria que já não teríamos um governante minimizando a epidemia nem sabotando medidas para mitigá-la”, afirma o colunista, citando um estudo da UFABC para sustentar seu argumento de que isso salvaria vidas.

Além disso, com a morte “do mais destacado líder mundial a negar a gravidade da pandemia”, “ficaria muito mais difícil para outros governantes irresponsáveis imitarem seu discurso e atitudes, o que presumivelmente pouparia vidas em todo o planeta”, completa Schwartsman.

Leia mais e compartilhe, também:

– Chimarrão Profético com a Doutora Juliana Paula Magalhães: “A lava jato e as ideias que devem nos movimentar contra a elite burguesa”.

– O espirito do 5 de julho na história e em nós, sempre!

– Chimarrão Profético com o Padre Pedrinho Guareschi: “A prisão de Lula, fake news, povo e luta”.

– Chimarrão com o Professor Alysson Mascaro: “crise gigantesca do capital e a revolução!”

– Brasil atacado por ratos transgressores a serviço de monstros decadentes.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

3 Comentários

  1. Desde ontem as redes sociais e a mídia nacio nal e internacional estufam de desejos de que o fanfarrão Bolosonaro morra contaminado o mais rapidamente. O que significa isso? Compartilhe o link desta postagem, por gentileza. Abraços: http://cartasprofeticas.org/bolsonaro-contaminado-pela-covid-19-e-o-desejo-de-que-ele-morra-o-quanto-antes-e-fracasso-moral/

  2. […] — Bolsonaro contaminado pela COVID 19 e o desejo de que ele morra o quanto antes é fracasso moral… […]

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.