imperialismo no brasil

Brian Mier: os EUA atuaram no golpe contra o Brasil

Co-editor do site Brazil Wire, o correspondente Brian Mier, que vive há mais de vinte anos no Brasil e é casado com uma brasileira, afirma ter certeza de que os Estados Unidos atuaram no golpe contra a presidente Dilma Rousseff e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; “se os Estados Unidos atuaram em mais de 100 golpes ao na América Latina nos últimos cem anos, por que não atuariam neste de 2016?”, questiona; ele aponta também os benefícios obtidos pelo governo norte-americano: reservas do pré-sal, Embraer e contratos de R$ 140 milhões por ano do governo federal com a Microsoft; Mier afirma que se, de fato, o juiz Sergio Moro se mudar para os Estados Unidos, será muito bem recebido pelas empresas de petróleo; “o Brasil está sendo saqueado”; Mier diz ainda que os Estados Unidos são o país mais corrupto do mundo – “basta ver o que foi a guerra do Iraque”.

247 Geógrafo, jornalista e co-editor do site Brazil Wire, o correspondente Brian Mier, que vive há mais de vinte anos no Brasil e é casado com uma brasileira, afirma ter certeza de que os Estados Unidos atuaram no golpe contra a presidente Dilma Rousseff e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Se os Estados Unidos atuaram em mais de 100 golpes ao na América Latina nos últimos cem anos, por que não atuariam neste de 2016?”, questiona. “Todo mundo que estuda história sabe do papel dos Estados Unidos nos golpes recentes, como o de 1964 no Brasil e o que derrubou Salvador Allende, no Chile”, afirma.

Mier aponta também os benefícios obtidos pelo governo norte-americano desde a derrubada da presidente Dilma Rousseff: reservas do pré-sal, Embraer e contratos de R$ 140 milhões por ano do governo federal com a Microsoft, agora que Michel Temer decidiu abandonar a política de software livre desenvolvida nos governos democráticos e populares.

Ele também afirma que se, de fato, o juiz Sergio Moro se mudar para os Estados Unidos, será muito bem recebido pelas empresas de petróleo e por autoridades oficiais, uma vez que a Lava Jato contou com a colaboração do FBI, do Departamento de Justiça e do órgão regulador do mercado de capitais nos Estados Unidos. “O Brasil está sendo saqueado”, afirma.

Por fim, Mier diz ainda que os Estados Unidos são o país mais corrupto do mundo – “basta ver o que foi a guerra do Iraque”. Sobre ser estadunidense e denunciar o imperialismo, que conseguiu reconverter o Brasil em quintal, ele afirma que mesmo nos Estados Unidos existem vítimas desse processo e diz que se sente brasileiro. “Espero que o povo brasileiro consiga se libertar.”

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com * são obrigatórios *