Vencedores de hoje derrotados amanhã

Celso Vicenzi: “O perigo de subestimar a história”

Certamente todos nós experimentamos amargas frustrações com lideranças que ajudamos a construir, por quem lutamos e até brigamos para eleger para cargos, que depois nos viraram as costas.

É assim sempre: não há liderança que não tem sido parida pelo povo, pelos trabalhadores, quer sejam aos parlamentos,  aos governos, às entidades sociais, comunitárias, sindicais, culturais e até religiosas.

Quando surgem nos prometem mundos e fundos, mas quando delas precisamos para as demandas justas onde as encontramos? Com quem se juntam? A quem servem?

O jornalista Celso Vicenzi põe o dedo nas feridas desses que esquecem ou tratam a história com desdem e má fé. “…quanto mais poderoso alguém se sente, a ponto de fazer escárnio da maioria da população, como agora assistimos cotidianamente com parlamentares, juízes, procuradores, empresários e tantos outros que tripudiam sobre a desgraça de quem quase nada ou pouco tem, mais encorajam a revolta de quem tem sede de justiça”, profetiza Celso.

Olhando para a história e agarrado à marcha da perda de paciência dos pisados e atropelados pelos que afrontam o povo, Vicenzi continua o alerta: “Abrir os livros de História é mergulhar, não raro, em períodos de grandes horrores. Já seria o suficiente para ninguém abusar da paciência de quem é continuamente violentado em seus direitos. Muito menos subestimar o destemor e a coragem, como já nos ensinou há 2.500 o general Sun Tzu (A Arte da Guerra) do inimigo a quem não é oferecida uma saída, porque nessa situação, “ele lutará até a morte” com uma bravura e uma potência que talvez nem soubesse de que é capaz.”

Leia todo o artigo aqui.

Compartilhar:



3 Comentários

  1. Agradeço seu convite.

    "Quem com ferro fere, assim será ferido: Não subestimem a história."
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2017/08/10/quem-com-ferro-fere-assim-sera-ferido-nao-subestimem-a-historia/

    "QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO.
    AINDA NÃO ESTAMOS MORTOS.

    Gustavohorta.wordpress.com

    “Apostar continuamente na apatia de quem assiste, com fome de justiça, ao banquete dos poderosos, é uma aposta arriscada demais para um país que dispõe de tantos recursos para distribuir melhor a renda e evitar o caos.”

    Não subestimem a história. Por Celso Vicenzi [...]"

  2. […] o artigo de  Celso Vicenzi: “O perigo de subestimar a história” onde o jornalista demonstra escavar a história do Brasil e encontrar a linha luminosa de lutas, […]

  3. […] revolta contida explodirá, sem dúvidas.  Nesse momento, de sofrimento crescente,  é bom reler aqui o artigo do jornalista Celso Vicenzi, que sintetiza os testemunhos da história, que mostra muitas […]

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.