cp_professores-redes

Chimarrão Profético com os Profs. Adelmar Araújo e João Coelho: “Política e Movimentos Sociais no Brasil”

Nosso país vive o caos sob o regime da crise orgânica do capital, essa devastação denominada neoliberalismo como política predominante do mercado imperialista com suas características desumanas e nefastas aos trabalhadores e ao meio ambiente.

Como disse o Dr. Roberto Bueno numa edição do Programa Chimarrão Profético, o “neoliberalismo não é ciência, mas pretexto…”

Porém, em contradição ao império satânico neoliberal desenvolve-se a vida da militância política por parte da classe trabalhadora e de seus intelectuais orgânicos, envolvidos no ativismo dos movimentos sociais.

Para tratar desse tema quente  na edição do Programa Chimarrão Profético desta quinta feira, 11/03/21, às 11 horas conosarão conosco dois intelectuais orgânicos do povo, cujos minis bios se lê abaixo.

Professssor Mestre João Coelho.

Mestre em Educação pela PUC – Goiás (2019), Professor bolsista da UEG,  Pós-Graduação Graduação Lato Sensu em Docência Universitária pela Universidade Estadual de Goiás (2013). Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Metodista de São Paulo (2019). Graduação em Filosofia pela PUC – Goiás (2010).  Professor Titular da Seduc/ Goiás.

Professssor Dr. Adelmar Araújo.

Professor pesquisador no Centro de Educação Popular e Pesquisas Econômicas e Sociais – CEPPES. Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2015). Mestre em Educação (2009), Bacharel e Licenciado em História pela Universidade Federal de Goiás (2001). Membro do Grupo de Pesquisa La Folie: História da Loucura. Professor universitário e da Educação Básica em Goiás.

Apoie este projeto com sua doação. Acesse: http://cartasprofeticas.org/colabore

ABAIXO HÁ MAIS TEXTOS E VÍDEOS, POR GENTILEZA ACESSE E COMPARTILHE:

Dê likes, inscreva-se, ative o sininho, comente e compartilhe

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.