bolsonaro e sua riqueza

Denúncia aponta que os Bolsonaro enriqueceram  nas atividades parlamentares e partidárias

Uma das características do nazifascismo é a hipocrisia, que se faz discurso mentiroso como biombo da vida contrária ao que seus militantes pregam.

Adolfo Hitler mentia que os outros eram corruptos e bandidos enquanto, ao mesmo tempo, armava suas forças militares  para praticar a pior das corrupções que é a matança de milhões por racismo, preconceito como raça superior que se dizia ser e ideológico, além de fazer acordos espúrios para enriquecer e aumentar seu poder econômico, à base da corrupção que dizia combater.

O nazifascismo é conteúdo transversal e indireto do fundamentalismo religioso e político.

No Brasil um dos representantes dessa lamentável  visão de vida (de morte) é o bolsonarismo, que defende a tortura, a morte dos diferentes, o machismo e o ódio assassino de classe.

A coisa é tão escandalosa que até um jornalão golpista de direita reconhece que Jair Bolsonaro e seus três filhos, todos parlamentares (que a Folha de São Paulo, de propósito, chama de políticos, ignorando a origem da palavra que ensina que todos os cidadãos são políticos) enriqueceram nas atividades políticas (agora sim o conceito correto), usando de artifícios pretensamente legais, mas corruptos, que acumularam riquezas ilicitamente.

È bom que se acentue que até a Folha mostra estranhar a progressão econômica dos Bolsonaro. Mas ela mesma  apoiou a ditadura,  ajudou nas torturas e colaborou com o golpe de 2016, que colocou uma quadrilha das mais corruptas no governo, finge que estranha a corrupção dos Bolsonaro, porque ela defende outro da direita e neoliberal, também corrupto.

Todos sabem que,  se o povo ameaçar eleger uma plataforma de governo e um/a presidente/a  que o – o povo – aproxime de um projeto de Estado mais justo, que segure os direitos sociais, e que se Jair Bolsonaro  for  o que derrote esse programa, ela, a Folha,  o apoiará, sem dúvidas.

Mas é bom contar com essa contradição nas informações dessa mídia golpista.

Os repórteres da Folha, Ranier Bragon Camila Mattoso ( de Brasília)e Ítalo Nogueira(do Rio de Janeiro), noticiam que os bens dos Bolsonaro incluem casas, apartamentos, carros, estes com valores de R$45000, 00 a 105 mil reais, um jet-ski e aplicações financeiras em um total de um milhão e setecentos mil reais, confirmados pela Justiça Eleitoral em cartórios, informam os jornalistas.

Segundo o conceito analfabeto do jornalão, quando os Bolsonaro ingressaram ne política (eles nunca saíram nem nós. A palavra “política” vem do grego e significa cidadania. Os analfabetos funcionais confundem cargos eletivos com a restrição do conceito de política) o seu patrimônio e contas bancárias eram reduzidíssimos, aumentando desproporcionalmente a partir de 1988, quando “entraram na política” (que horror!).

Acessem aqui para ler a reportagem completa.

Colabore com o Cartas Proféticas e aumente sua renda ajudando organizar seminários em sua cidade. Veja como.

Colabore com o Blog

Leia também carta de Dom Orvandil: “Desprezo os votos de “feliz natal” e “feliz ano novo”

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com * são obrigatórios *