bolsonaro-e-evangelicos

Deu na Fórum que evangélicos se corrompem em troca de ministérios do miliciano Jair Bolsonaro

Por Dom Orvandil. 

Os falsos evangélicos,  verdadeiros coronéis donos de currais e de rebanhos de gados, feitos de pessoas cegas e surdas moralmente, completamente omissas, apáticas e descomprometidas com sua pátria, subservientes como degraus de impulsos para os imundos golpistas e exploradores da fé pública, verdadeiros charlatões,  buscam cada vez mais poder e força junto ao miliciano Jair Bolsonaro.

Preocupação moral com o fato dos esbanjamentos com os cartões corporativos a disposição da família presidencial, fartamente nutridos com dinheiro público? Nenhuma preocupação, afinal o meliante e seu clã serve aos propósitos corruptos da pastorada e bispos ricos sem ser vergonhas,

Dúvidas éticas com o possível fato de o morador da casa 58 do conjunto residencial da Barra da Tijuca ser mandante dos assassinatos de Marielle e de Anderson? Claro que não, afinal todos são da mesma laia. Essa coisa de igreja é apenas um negócio do mercado. Nada a ver com ética e com moral.

Questionamento com o ocupante golpista da presidência, aliado dos criminosos incendiários da Amazônia, assassinos de indígenas, quilombolas e de guardas florestais? Ora, esse negócio de cuidar do jardim, como ensina Gênesis e de amar o próximo é coisa para cristãos de teologia da libertação e não para mercadores da fé, curandeiros e saqueadores das carteiras dos pobres.

Defender os direitos dos trabalhadores como as leis da CLT, previdência, emprego e renda, nunca. Afinal, essa casta safada já roubou o suficiente para abastecer seus sócios do mercado e agora não vê sentido para defender pobres. Além disso, quanto mais pobreza mais mercado para o curandeirismo, a picaretagem e o charlatanismo, típicos da turma dos apoiadores do milicianismo fundamentalista bolsonarista.

Por isso faz sentido que os canalhas evangelicóides se aliem mais e mais ao milicianismo no apoio à colheita de assinaturas para a criação do partido nazifascista-militarista do morador da casa 58, que estava lá na noite  em que balas explodiram as vidas de duas pessoas do povo.

A “reportagem publicada neste domingo (8) na revista Crusoé afirma que evangélicos se comprometeram com o presidente [presidente? De quem?] Jair Bolsonaro a filiar à Aliança pelo Brasil (APB) pelo menos 5 milhões de pessoas. Em troca, grupo pede dois ministérios “de peso” em uma futura reforma do governo.

O registro do novo partido de Bolsonaro foi oficializado na quinta-feira (5), em Brasília. Ainda é necessário, no entanto, a criação de um CNPJ, além do protocolo junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Após esse processo, o partido terá o período de dois anos para coletar 500 mil assinaturas em nove estados, o que preocupa o presidente [presidente? De quem?]. Leia a notícia na íntegra na Revista Fórum.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um comentário

  1. Evangelicóides traem a tradição evangélica ao apoiar o miliciano e fascista Jair Bolsonaro em troca de dinheiro e de cargos nos ministérios e nas estatais. Acesse e compartilhe o link do Cartas: http://cartasprofeticas.org/deu-na-forum-que-evangelicos-se-corrompem-em-troca-de-ministerios-do-miliciano-jair-bolsonaro/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.