Ódio é veneno

Do CRP: “O ódio sem razão rebaixa as pessoas a níveis marginais da inteligência!”

Prezado conterrâneo Luis Alberto Siqueira Lopes, Venâncio Ayres, RS

Seu comentário sob meu artigo em minha coluna no Site Brasil 247 me causou impacto positivo e importante.

Em meio a tantas agressões e futilidades de leitores superficiais e ignorantes o senhor conseguiu indicar o castelo de mentiras que se amontoam de alto a baixo no golpe do traidor Michel Temer, passando pelo parlamento e pelo judiciário, todos contaminados pela sujeira que visa destruir e fragmentar o Brasil, nem que seja através de prolongada guerra civil.

Indico aqui um vídeo de meu canal com o mesmo título desta carta. Nele enfrento o terreno arenoso do ódio sem bases e sem verdade que boa parte da falsa classe média adota para tentar desfazer lideranças e os próprios movimentos sociais legítimos na resistência à cretinice eleitoral como a do Estado e da cidade de São Paulo, colocando no poder verdadeiros mafiosos em conluio com o fascismo de parte da polícia militar e do judiciário.

A prisão de Guilherme Boulos e, depois, os comentários que irresponsáveis fazem,  sem nenhum conhecimento da realidade ou por pura má fé, com o puro propósito de consagrar uma sociedade de brancos e de ricos, sem que o povo tenha o direito de resistir e de desobedecer leis, mandatos judiciais e cumprimento à força de despejos de terras abandonadas,  todas medidas iníquas e de enfrentar policiais a serviço do banditismo político que favorece a especulação imobiliário são objeto deste vídeo.

Nele ainda manifesto estranheza sobre religiosos piegas, bons em místicas e em pregações morais, se aliarem a criminosos em nome de uma direita que eles defendem ao chamarem Boulos de vagabundo e de agitador barato.

Pessoalmente me choquei profundamente com um bispo enviando esse tipo de mensagem para meu what’s app e depois remeer para um grupo um pedaço de vídeo claramente fragmentado com indício evidente de crime de calúnia e injúria contra um líder popular.

Não consigo aceitar que cristãos, muito menos padres, pastores e bispos de tradições sérias, como é o caso do indigitado bispo,  se aliem com a direita e com os exploradores do povo. Pior, o fazem em nome de um açucaramento que alivia a classe dominante ao afirmarem que seus agentes também são filhos de Deus e amados por Ele.

Para mim a única postura cristã verdadeira é a que coloca os discípulos e apóstolos de Jesus ao lado e no meio dos explorados, injustiçados, perseguidos e pobres. Quem ingressa na posição de defensor dos opressores compactua  com os fariseus e com Judas, por mais santos que se achem.

Outrossim, meu caro, fiquei muito feliz ao saber que hoje, dia 19 de janeiro,  o MTST,  com Henrique Boulos à frente,  avançou na resistência à iniquidade brutal que as 700 famílias, mais ou menos três mil pessoas, sofreram com a humilhação ao ser expulsas de suas casas, vê-las destruídas e colocadas nas ruas sob chuvas e temporais em São Paulo, com crianças, mulheres e idosos ao relento e desamparados ocupando a Secretaria de Habitação da Prefeitura de São Paulo.

Somente fariseus, ignorantes e fascistas aceitam que a elite ladra de merendas, do dinheiro das obras públicas e das eleições em São Paulo será sensível com o povo sem que este lute e resista o desmonte de seus direitos.

Clique aqui para acessar o Canal CRP no You Tube.  Inscreva-se no CanalE aqui para curtir nossa página no Facebook.

  • Abraços críticos e fraternos na luta pela justiça e pela paz sociais.
  • Dom Orvandil, OSF: bispo cabano, farrapo e republicano, presidente da Ibrapaz, bispo da Diocese Brasil Central e professor universitário, trabalhando duro sem explorar ninguém.
Compartilhar:



Um Comentário

  1. […] Fonte: Do CRP: “O ódio sem razão rebaixa as pessoas a níveis marginais da inteligência!” – CartaS… […]

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.