malafaia_bolsonaro

Em vez de se confessar com colega pastor ou psicólogo, Silas Malafaia se abre ao ator pornô. Engraçado!

A notícia sobre o gritão pastor Silas Malafaia,  amante de dinheiro, que odeia pobres e gays, hoje parece ilária.

Angustiado e decepcionado com o miliciano  Jair Bolsonaro,  suspeito de ser mandante  intelectual do assassinato de Marielle e de Anderson – e quem sabe quantos mais? –  para quem fez campanha suja, levando-o ao templo da igreja da qual é dono,  também nas redes sociais, discursando com gritarias,  com os termos mais chulos, grosseiros e caluniosos, procurou Alexandre Frota, ex ou ainda ator pornô, e deputado federal liberal para se confessar.

Ah, tá!

Silas Malafaia divaga entre a decepção com o presidente miliciano golpista que ajudou a eleger e de quem esperava certamente muitos  canais de TV e de Rádio e a patologia fascista que sempre o pautou com discurso violento, preconceituoso e belicista.

Ao se confessar com seu conselheiro pornô  Malafaia derramou a alma miserável que anima a mediocridade do pastor proprietário de aviões e de privilégios negados a milhões de brasileiros. “sinceramente, Frota, eu como jamais vou usar nem minha mídia, nem nada para falar mal de Bolsonaro, nem nada, porque eu não vou dar mole para esses esquerdopatas… Mas estou profundamente decepcionado, irmão”. Oh, coitado!

Ao irmão Frota, tão bufão quanto ele, mostra quem é psicopata. De modo raivoso, como cão envenenado, o gritão pregador de bíblia prostituída chama de esquerdopatas quem  luta pelo povo, pelos trabalhadores, pelos pobres e por toda a diversidade cultural e sexual de nossa composição antropológica.

Não usará as mídia “dele” para  falar mal do miliciano Bolsonaro para que não se abram espaços para a democracia e para diversidade.

Para Malafaia nada há a dizer sobre os crimes, denúncias de golpe, de corrupção e de suspeita de assassinato do miliciano Jair e de toda a corriola da família dele.

Nada!

Para o Silas gritão não há fundamentalismopata, fasicismopata, direitopata, milicianospatas, golpistaspatas, neoliberalismopata, imperialismopata, mercadopata, pastorespatas, igrejaspatas,exploraçãopata, pornôspatas etc.

Não! Esses são os seus ídolos e seus inspiradores. Com esses nada de decepção, raza ou profunda.  Esses são todos da laia dele!

Noutras palavras, o pastor Silas Malafaia não tem nenhuma relação com a compaixão, com a justiça como valor profundo nem com a paz como conquista da luta das pessoas que realmente tudo fazem para substituir o mundo dos psicopatas dentro do qual  ele chafurda, cheirando todos os odores dos que apodrecem por falta de ética e de compromisso patriótico.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.