chiqueiro_porcos

Entraremos no chiqueiro para pegar os donos dos porcos, responsáveis pela porcaria

Prezado líder popular Paulo César Negreiros, Campo Grande, RJ

Há amizades intensas que se iniciam com o trabalho diário aqui nesta trincheira, o Cartas Proféticas, que se aprofundam na construção do exército de lutadoras e lutadores na libertação do povo brasileiro e do Brasil.

O companheiro e amigo é um desses exemplos eloquentes. Leitor atento das análises aqui contatou comigo há tempo para compartilhar sua visão de mundo, dar testemunho do amor pelo povo e da admiração pelos heróis de nossa Pátria.

No início deste ano o amigo sentou-se ao meu lado naquele auditório da instituição fundada pelo inesquecível Anisio Teixeira, o Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro.

Antes de se iniciar a palestra do nosso intelectual e militante Dr. Aluisio Pampolha Bevilaqua sobre um dos maiores combatentes desta Pátria, o “Cavaleiro da Esperança”, Luiz Carlos Prestes, o amigo, emocionado,  me narrou a sua admiração pelo nosso herói, criador inconteste da marcha da famosa “Coluna Prestes”, brilhante mestre na tática de luta contra as oligarquias reacionárias e latifundiárias de nosso pais.  

A partir daquela fantástica experiência de conhecimento do interior mais profundo de nosso país, Prestes aprendeu o quanto os latifundiários influenciaram na deformação do caráter solidário de nosso povo, gerando uma espécie de anti sociedade nacional:  estúpida, ignorante, venal e odiosa. Esse segmento, poderia se dizer, é uma das vertentes do fascismo brasileiro, do assassinato de lideranças e do espírito entreguista dos traidores da Pátria.

Esclareço-lhe que não tratarei aqui dos puxas e soltas dos rabos enganchados dos porcos ativos no chiqueiro em que se constituiu o desgoverno, exercido por mentirosos, bandidos, fake news, entreguistas, traidores e genocidas, comparando-os com as figuras de “porcos” e de ‘chiqueiros”, sem o objetivo de desrespeitar os suínos, esses animais amigos, honrados e bonitos, habitantes de setores da vida rural.

Não. Uso as figuras de “porcos” e de “chiqueiros”  no sentido da cultura popular, que as usa para se referir a maus cheiros, a falta de capricho, a desonra,  à falta de honestidade e de lealdade nas relações com amigos e com o país.

Ontem, dia 24/04/20, uma data à espera dos acontecimentos sujos já anunciados desde o golpe de 2016 e pelas eleições enojantemente fraudadas de 2018.

Sinceramente, amigo Paulo, não me surpreendi nenhum pouquinho com os dois espetáculos apresentados pelos porcos Sérgio Moro e Jair Bolsonaro ontem.

As pessoas que fingem decepção apenas são porcos um pouco mais afastados dos chiqueiros.

Nem a tática de briga de bugio –  pequenos macacos que, lá no Rio Grande do Sul, ao brigarem jogam excrementos quentes uns nos outros – não me surpreendeu, como também o jeito de cada porco. Um mais fingidamente  calado, chorão em colo de mulher corrupta,  e o outro mais louco e desbocado, igualmente porco safado, criador de mau odor e parte da podridão do atoladouro desta crise orgânica do capital, chorão em colo de barbado golpista.

No “day after” as bobagens em forma de artigos, de colunas, notas e de explicações não entram no chiqueiro para encontrar os donos dos porcos, estes suínos magros eticamente e dispensáveis numa política de Estado republicano.

Mi$hel Temer, Aécio Neves, Geraldo Alckmim, Fernando Henrique Cardoso, Thompson Flores, Luciano Huck, Roberto Freire, João Dória, Paulo Guedes, Hamilton Mourão, Jair Bolsonaro, Maurício Valeixo, Deltan Dallangnol, Sérgio Moro e outros são apenas porcos imundos do chiqueiro neoliberal. Os donos e o próprio chiqueiro os pagam para serem porcos rasteiros e chauvinistas.

Claro que não hora “H”, ao pegarmos os donos e o “chiqueirão’, coisa que já vislumbramos, os porcos menores, pagos – ontem o porco Moro confessou ter feito negociata com os outros porcos para sustentarem o que ele chamou de “minha família”, caso os comparsas o matassem – para federem a olhos vistos, serão arrastados à justiça popular, sem dedos duros e delações premiadas, ao justiciamento competente  pelos altos crimes de traição à Pátria e pelo genocídio de milhões de irmãos e irmãs brasileiros e brasileiras, atingidos/as pela pandemia neoliberal satânica.

Para definir um pouco mais o que aqui chamo de chiqueiro neoliberal, criador de porcos chauvinistas imundos, posto a nota iluminadora do Dr. Aluisio Pampolha Bevilacqua, que publiquei no Cartas Proféticas: “O governo protofascista de Bolsonaro e seus militares, de Onyx Lorenzoni e sua bancada da bala, de Paulo Guedes e seus Chicago Boys, de Sergio Moro e sua justiça policial, de Tereza Cristina e seus ruralistas, sob o manto da evangelização anticomunista, constitui-se em uma amálgama de espectros ideológicos, fundamentada em teorias pseudocientíficas e charlatanismo para mascarar os verdadeiros objetivos do governo, que são: institucionalizar o golpe; reduzir a presença do Estado nas áreas sociais, especialmente na previdência; dar fôlego à acumulação interna, mediante a subordinação formal do trabalho ao capital, na concentração de mais-valia e na centralização das empresas públicas e privadas; e transferir essas riquezas para as oligarquias burguesas internacionais através do sistema financeiro – pagamento de royalties, taxas de juros e de câmbio etc. – e dos processos de fusões, aquisições e privatizações, propiciando a transformação de títulos podres ou defraudados em ativos reais, e do Brasil em uma grande lavanderia para o dinheiro sujo internacional. Por último, tornar-se a principal base de apoio dos EUA para sua luta pela hegemonia mundial e por seu domínio sobre a América Latina e África, protagonizando a guerra suja continental através de golpes e ações de baixa intensidade contra nossos vizinhos e irmãos africanos.”

O chiqueiro neoliberal é grande e pesado, mas não é dois. Pode ser derrubado e o será. Tem que ser destruído.

Ele é o “dono” dos porcos, que fizeram de chiqueiro imundiciado todas as instituições da República.

A “lenga lenga” de que a PF não deve sofrer intervenções políticas é bobagem. Todos os atos humanos são políticos e todas as instituições são conduzidas politicamente.

A PF já foi chiqueiro fascista da ditadura militar para perseguir, prender, torturar e matar patriotas. Agora é usada pela alta intensidade neoliberal a serviço do imperialismo e na proteção de criminosos e de ações fraudulentas dos ladrões das estatais,  entregues aos monopólios internacionais juntamente com nossas riquezas do subsolo e do solo, como a Amazônia.

O problema não é de influência política na PF, até nas Forças Armadas e noutras instituições da República, mas de que política se trata. A que é usada agora, tanto pelo porco Sérgio Moro, como pelo suíno Jair Bolsonaro, como o foi pelo comparsa Mi$ell Temer,  é a da rapina da Pátria e da destruição econômica e social da  soberania nacional.

Então, meu amigo Paulo, esses porcos covardes, traidores, corruptos e genocidas é que devem ser alvo da luta do povo brasileiro, mas é necessário que destruamos antes e primeiramente o chiqueirão neoliberal, como os oligopolistas assaltantes, que pagam a ração deles  em dólares feitos para patrocinar os focinhos de todos os facínoras da mesma têmpera em todo o mundo.

Estendamo-nos as mãos, ora nos segurando em marcha, ora as erguendo em sinal de vibração na luta contra o neoliberalismo chiqueirão.

Não há mais dúvidas a cultivar: a troca dos porcos não limpa os chiqueiros em que os traidores transformaram as instituições da República.

Aproxima-se a hora da derrubada de todas as farsas “científicas” e dos charlatões protetores do chiqueirão.

Ousar lutar e ousar vencer são marcas do povo mobilizado e em marcha.

Venceremos!

Abraços críticos e fraternos,

Dom Orvandil.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

2 Comentários

  1. "Entraremos no chiqueiro para pegar os donos dos porcos, responsáveis pela porcaria". Ajude-nos a alavancar fortemente o Cartas Proféticas compartilhando somente a chamada e o link desta postagem. Por gentileza, ative o "notificações" para receber as novidades do blog: http://cartasprofeticas.org/entraremos-no-chiqueiro-para-pegar-os-donos-dos-porcos-responsaveis-pela-porcaria/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.