represso_sexual

Fascistas possuem a sexualidade reprimida

 Marcia Tigani*

Fascistas possuem a sexualidade reprimida. A pulsão de vida (Eros) fica fora de seus contextos e vivem da pulsão de morte (Tânatos). Mulheres desse desgoverno são representantes do que há  de mais arcaico e repressivo existente  na formação da psiquê feminina, dominadas pelo patriarcado. Outras mulheres desse desgoverno, como uma Joyce Hasselmann ou uma Janaína Pascoal,  encarnam a Medéia e também parecem flertar profundamente com a histeria.  Os homens pararam na era Vitoriana, quando a mulher tinha que ser como na peça de Ibsen(Casa de bonecas), porém,  sem o final libertador da história.

Esse fundamentalismo religioso contaminou mulheres em pleno século XXI e serve ao neoliberalismo muito bem, por sinal, visto que  a submissão da mulher que tanto defendem às bolsonaristas  neopentecostais,   leva a  menores salários, mais desemprego  e desigualdade de gênero na questão dos direitos das mulheres.

*Médica, Psiquiatra, Poeta, Escritora, Militante e Colunista do Cartasproféticas.

Acesse, leia e compartilhe:

Reflexão Evangélica: “Que significa a ascensão de Jesus para a humanidade?”

Que PIB é esse?

Bolsonaro disse que é “cristão”. Como assim?

Como o mercado neoliberal – o poder dos bancos, do comércio, da indústria e da agricultura – nos destrói e mata todos os dias;

Eu nunca vou me calar;

Estudantes e trabalhadores/as afirmam-se contra a malandragem miliciana de Bolsonaro e sua turma!

Jesuítas reagem ao golpe fascista de destruir Paulo Freire em troca da aniquilação do legado do Padre Anchieta;

Carta do Papa Francisco a Lula: o bem e o mal;

Significados da Carta do Papa Francisco ao ex presidente Lula.

Deixe uma resposta