fl_pastora-card

Fé e Luta com a Pastora Lilian Sarat de Oliveira: “Luta de uma pastora sem igreja!”

O movimento de Jesus iniciado no Século I na Palestina, notadamente na região massacrada por César através do sanguinário Herodes, segue historicamente a trilha dos oprimidos pescadores, camponeses, dos pastores de ovelhas,  dos leprosos, dos doentes mentais pobres, dos cobradores de impostos, das mulheres, das crianças, dos estrangeiros e considerados pagãos do entorno da Galileia, enquanto as igrejas a partir do Século II e do III  se aliançaram com os poderosos na contramão ética e política do projeto que desembocou na cruz romana e judaica.

Não há o menor  traço de dúvidas de que grande parte das igrejas dos campos neopentecostais, pentecostais, evangélicos, protestantes, católicos e reformados no Brasil, hoje, aportaram no fundamentalismo, no fascismo e, como pano de fundo da mola propulsora de toda a contradição, no neoliberalismo.

Os traços dessa aliança do inferno, que distancia e desfigura as igrejas da originalidade palestina do Século I, são o enfático e preconceituoso ante ecumenismo, as discriminações ferozes contra a orientação sexual de pessoas LGBTQIA+, o ministério feminino, a fragilização e anemia da consciência de classe d@s trabalhadores/as, o reacionarismo ante socialista e ante revolucionário, a entrega da alma ao satã do mercado, a vinculação carnal com os meios de comunicação de massa da mídia tradicional e da internet, o despejo de dinheiro pesado nas eleições de quadros pastores para os parlamentos e executivos e os negócios espúrios e criminosos com governos do tipo Jair Bolsonaro.

A senda do inferno trilhada é de tal monta destrutiva que igrejas tradicional e historicamente comprometidas com os pobres, com a libertação e com o ecumenismo a tudo abandonaram em troca do abraço ao capeta capitalista. Por essa razão não só se deliciam com o desqualificado moral Jair Bolsonaro fazendo arminha, mesmo em seus espaços “litúrgicos”, mas demonstram pelo conjunto de suas obras que hoje seriam colaboradoras de primeira hora na crucificação do perturbador Jesus de Nazaré.

Os  clérig@s dessas igrejas crucificantes são fofoqueir@s, futriqueir@s, covardes e, quando em crise, coisa constante em suas vidas espiritualmente miseráveis, se deliciam falando mal e julgando as pessoas de quem descordam. @s que se dizem de esquerda se deixam guiar pelo divisionismo, pela choradeira se queixando pelos cantos da incompreensão de suas chefias eclesiásticas e nada fazem para romper com os cordões umbilicais apodrecidos e maus. São incapazes de serem honest@s e abert@s em favor do povo. São perigos@s. Cheiram mal ao estilo do Judas enforcado e insepulto.  

Contudo, como a realidade é dinamicamente dialética, cujos movimentos não se dão em linha reta e com agendas fixamente previsíveis, nasce a corrente de pastoras e de pastores que rompem com a traição farisaica das igrejas, na sua marcha torpe do inferno, e, abraçadas fielmente às raízes de sua vocação comprometida com a causa libertadora,  se tornam independentes.

Na independência institucional se comprometem com os segmentos mais pobres e mal vistos pelos santos de pau oco dos altares e das celebrações farisaicas.

É assim que vejo a convidada do PROGRAMA FÉ E LUTA deste SÁBADO, 09/10/21, ÀS 11 HORAS, A PASTORA LILIAN SARAT DE OLVEIRA.

Lilian Sarat de Oliveira é Teóloga Feminista graduada na UMESP. É Cientista Social pela UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados. É Mestra em Educação pela UNIMEP. É Assessora do CEBI/MS. É Pastora Independente, Educadora, Ativista pelo Direito das Mulheres e  do Movimento de Economia Solidária Feminista.

PROGRAMAÇÃO DO CANAL E DO SITE CARTAS PROFÉTICAS

– Chimarrão Profético: todas as terças e quintas feiras, às 11 horas;

– Leitura Profética: todas as quarta feiras, às 11 horas;

– Fé e  Luta: todos os sábados, às 11 horas;

– Mergulho nas Notícias: todas as segundas feiras, às 19 horas;

– Arte e Vida: todas as sextas feiras, às 19 horas;

– Reflexão do Evangelho: todos os domingos (programa gravado);

– Vigília e Resistência na Pandemia;

– Impactos das Notícias: notícias analisadas a qualquer momento (ao vivo).

Apoie este projeto com sua doação com o seu melhor valor. Pelo  Pix domorvandil@gmail.com.

Leia e veja mais. Compartilhe:

Inscreva-se, ative o sininho, comente, dê likes, compartilhe e apoie sempre!

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.