justiça contra pobres

Frente contra conservadorismo no sistema de justiça

Profissionais do Direito estudam criar uma associação de caráter nacional para defesa da democracia.

Em face da omissão covarde do judiciário e da OAB, atolados no conservadorismo da justiça seletiva e no formalismo que faz a “justiça” ser imundamente injusta porque só funciona contra os pobres e os que lutam por sua libertação,  a cujas misérias e degradações humanas  são expostos pelo capitalismo concentrador de riquezas de renda, juizes e advogados resisitem e reagem.

Para tanto “advogados, juízes, defensores públicos e promotores de justiça contra o golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff se articulam para criar uma associação nacional de juristas pela democracia. Nesta sexta-feira (22), a categoria se reúne em São Paulo (SP) para debater o sistema de justiça brasileiro”,  escreve a editora Vanessa Martina Silva do Brasil de Fato.

Eduardo Correa, advogado sindical e professor universitário, indica que a entidade atuará de modo importante na preservação dos direitos conquistados na Constituição Federal de 1988.

“Estamos vivendo no Brasil um processo de diluição e de derretimento de todas as conquistas que foram obtidas em décadas de luta. Então, por isso, nós percebemos  a necessidade de congregar o máximo possível de defensores do sistema de direito e de justiça que se pretendam a ser combatentes dessa defesa da democracia”, disse Eduardo.

Leia a íntegra da notícia em BF.

Ajude-nos a romper as barreiras das manipulações e mentiras da mídia comercial. Colabore com o blog Cartas Proféticas.

Compartilhar:



Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.