Dona Darci

Líder metalúrgico dá a receita correta: “não se pode esperar por 2018: ‘O enfrentamento é agora’

Dona Darci: passando necessidades

“Em ato em defesa da política de conteúdo nacional da indústria naval e do setor de petróleo, em Ipojuca (PE), presidente da CNM-CUT, Paulo Cayres, diz que destruição dos empregos e do país não vai esperar”.

Durante a “Caravana de Lula pelo Brasil”, passando por Ipojuca, PE, Grande Recife,   dona Darci Azevedo Nunes, 65 anos, que lava roupa e cata latinhas para sobreviver, chorando e dizendo passar até fome,  falou o que se passa dolorosa e crescentemente  com os trabalhadores perdendo seus empregos, graças ao golpe tenebroso:  “tá tudo parado (economia). É preciso ele – Lula –  acudir a gente, por isso é muito bom ele vir aqui no nosso lugar. E acho muito bom você estarem por aqui também”.

O discurso sofrido de dona Darci, uma irmã brasileira,  confirma o que as centrais sindicais e o DIESE sabem por pesquisa e contato com os trabalhadores. “E para quem vive nas cidades que dependiam mais fortemente dos recursos provenientes do setor de petróleo e de infraestrutura, como a indústria naval, a situação é ainda mais grave. Desde que a Operação Lava Jato paralisou as atividades das maiores empresas nacionais de infraestrutura e construção pesada, a partir de março de 2014, a indústria naval reduziu os postos de trabalho em 66%, de 83 mil, no governo Dilma, para perto de 30 mil.

Por isso, em regiões como Ipojuca, na Grande Recife, proliferam histórias como as de dona Darci. A cidade que abriga o Porto de Suape recebeu na manhã desta sexta-feira a caravana Lula pelo Brasil com objetivo de denunciar os impactos da Lava Jato e do impeachment da ex-presidenta Dilma na economia e na vida das pessoas. “É ‘operação desemprega a jato’. Já desempregou mais de 3 milhões de pessoas. Para cada preso, com prova ou sem prova, são 30 mil postos de trabalho que se fecham neste país”, disse o presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM-CUT), Paulo Cayres.

Leia mais na Rede Brasil Atual. 

Colabore com este blog. 

Compartilhar:



Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.