xadrez-de-ronaldinho-sergio-moro-e-as-conexoes-com-a-industria-da-contravencao-por-luis-nassif-collage-fotorparaguai

Luis Nassif: “Xadrez de Ronaldinho, Sérgio Moro e as conexões com a indústria da contravenção”

Por Dom Orvandil. 

O rolo que envolve Ronaldinho ultrapassa de longe quaisquer problemas com passaporte, identidade e outros  documentos.

Trata-se de trama internacional pesada, eivada de  crimes praticados por contraventores, bandidos de extrema direita, cassinos, bancos, tráficos de drogas, de armamentos, minérios e de petróleo.

Figuras de alta densidade criminosa, inclusive com guerras por armas e petróleos se envolvem nessa trama que eclode com o aparente inocente, que de bobo não tem nada o bolsominion Ronaldinho e o seu irmão Assis.

Luis Nassif é jornalista competente e investigativo sério. Ele já fechou quase todos os quadros do jogo que envolve gente muito suja e graúda.

“De qualquer modo, as informações já disponíveis mostram um país cada vez mais exposto ao pior tipo de corrupção: a que vem do crime organizado e da contravenção”, escreve Nassif.

Nessa trama sórdida, que prejudica nosso país, envolvem Sérgio Moro, Alberto Yousseff, o doleiro amado do marreco de Maringá, o delegado da Polícia Federal Mário Fanton, o carioca Nelson Belotti, personagem criminoso dos cassinos,  Fávio Bolsonaro, o carniceiro assino primeiro ministro de Israel Benjamin Netanyahu, chegando em Donald Trump e no mega mafioso Sheldon Adelson.

Portanto, com Ronaldinho e seu irmão Assis vêm à tona poderoso esquema criminoso ligado a milicianos e à direita mais furiosa e corrupta do Brasil e da América Latina.

Acompanhe a montagem do Xadrez por Luis Nassif.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um comentário

  1. 'Luis Nassif: “Xadrez de Ronaldinho, Sérgio Moro e as conexões com a indústria da contravenção”. Ajude-nos a movimentar o Cartas Proféticas compartilhando somente os links das postagens: http://cartasprofeticas.org/luis-nassif-xadrez-de-ronaldinho-sergio-moro-e-as-conexoes-com-a-industria-da-contravencao/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.