Lya-Luft

Lya Luft e a miséria intelectual da dita classe média e seus arrependimentos

  • A sua solidariedade ao Cartas Proféticas é absolutamente fundamental para a manutenção e à renovação de equipamentos. Reforce-a com seus contatos e amig@s: http://cartasprofeticas.org/colabore.

Acesse também e compartilhe o Canal Espiritualidade Revolucionária: https://www.youtube.com/channel/UC9WX….

Por Dom Orvandil.

A escritora gaúcha Lya Luft causou espanto com o enorme testemunho de ignorância do setor social que ela representa, a fictícia e analfabeta classe média.

Impressionante a confissão pública de que votou na milícia mentirosa Jair Bolsonaro.

Na mesma altura da ignorância e idiotice foi a razão dada por Lya,  tanto para o tal arrependimento por votar no miliciano em 2018 como pela causa do voto.

Olha só a mentalidade de alemã que votaria em Adolfo Hitler:  “te confesso que votei e me arrependi. Votei na falta de coisa melhor e me arrependi muito. Não conhecia direito. Queria uma trégua do PT, era muita esculhambação, corrupção, não foi uma fase boa. Votei nele e me arrependi em seguida”, bufou, em entrevista a Paula Sperb, da Folha de S. Paulo.

A rasura da escritora foi tanta ao ponto de avaliar que Fernando Haddad não era “coisa! melhor do que o miliciano fascista Jair Bolsonaro.

Não contente com a superficialidade a intelectual rasa declara ser mula cabresteada pelo mídia modelo Globo, por isso falou em corrupção, esculhambação, que não foi uma fase boa.

Angelicalmente ainda declarou, com sinais de caduquice política, que  “muita gente da minha família, que jamais votaria nele, porque ele não se portava bem mesmo como deputado, queria mudar. Alckmin estava muito sem possibilidade. Queria outro Brasil e deu no que deu”, vomitou.

Evidentemente que a calhordice da confissão de Lya Luft nada se relaciona com sua idade de 81 anos.

O que move essa patetice e tacanhez dela deve à profunda alienação da classe idiota média.

Do alto de sua arrogância esse setor esconde a cabeça na areia da alienação e, no máximo, olha para seu próprio umbigo, sem nada observar para o povo, que foi destruído pelo golpe que resultou no fascismo de esgoto com Bolsonaro.

O papel de Lya Luft é lamentável e vergonhoso porque cego, surdo e miseravelmente paupérrimo de consciência da realidade caótica, que sacrifica o nosso povo, a quem ela e seu segmento nada têm a dizer.

Leia mais e compartilhe, também:

– Chimarrão Profético com a Profa. Dra. Daniele B. Bezerra: “Bolsonaro e o governo de esgoto”.

Por que te revoltas com teu pai pela separação de tua mãe?

– Recuperação e edição da “Live” com o economista Eduardo Moreira.

– Chimarrão Profético com o Jornalista Breno Altman: “A desgraça Bolsonaro e o fascismo!”

– MOPAMG (Movimento Popular Anti Mídia Golpista): 4º texto-análise.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

2 Comentários

  1. […] – Lya Luft e a miséria intelectual da dita classe média e seus arrependimentos. […]

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.