MTST ocupa MF

Mais um gesto de resistência ao golpe: MTST ocupa entrada do ministério da fazenda contra ajuste fiscal

Cerca de 100 militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) promovem uma manifestação na portaria principal do Ministério da Fazenda. Desde às 15h eles protestam contra o ajuste fiscal e pedem o fim do congelamento de recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida.

A mobilização faz parte do Dia de Lutas por Teto e Trabalho, que promove manifestações em 10 capitais brasileiras. Em nota em sua página oficial no Facebook, o MTST reivindica a liberação imediata dos recursos para a contratação das 35 mil moradias previstas no Orçamento de 2017 no Programa Minha Casa Minha Vida, modalidade entidades. O movimento pede também a ampliação dos recursos para a moradia popular no Orçamento de 2018.

Até o momento, o protesto é pacífico. Os manifestantes gritam palavras de ordem e cantam hinos na portaria do ministério, que foi fechada. Uma bandeira foi estendida na marquise do prédio principal, que teve as luzes dos corredores apagadas. A entrada e a saída dos funcionários estão sendo feitas pelo prédio anexo.

[O banqueiro, ex funcionário da JBS/FRIBOI e pedinte de orações a crentes da bancada golpista evangélica, o  ministro do quadrilheiro Michel Temer,  Henrique Meirelles,  não está no prédio. Talvez esteja em reunião de oração por sua candidatura  espúria em 2018].

Com informações do Brasil 247.

Ajude-nos a romper as barreiras das manipulações e mentiras da mídia comercial. Colabore com o blog Cartas Proféticas.

Leita a nota do MTST abaixo. 

DIA DE LUTAS POR TETO E TRABALHO

Neste dia 19 de setembro o MTST – Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto sai às ruas de todo o país em mobilização. Estamos em luta por Teto, diante do congelamento dos programas habitacionais. Estamos em luta por Trabalho, num país em que o exército de desempregados já supera 14 milhões de pessoas.

A política do Governo ilegítimo de Temer joga a conta da crise nos mais pobres. Com o aumento do desemprego, agrava-se ainda mais o problema da moradia, já que milhares de pessoas ficam sem condições de pagar aluguel no final do mês. Isso fica evidente com o crescimento das ocupações de sem-teto em todo o Brasil.

O Programa Minha Casa Minha Vida Entidades continua com seus recursos contingenciados. Mesmo após acampamento de 22 dias do MTST na Avenida Paulista, em março; mesmo após inúmeras mobilizações em todo o país; mesmo após o compromisso do governo em retomar as contratações, o fato é que nenhuma nova moradia foi contratada este ano pelo Programa.

Dizem que não há recurso. Ora, foram R$4 bilhões em emendas parlamentares para que os deputados salvassem Temer em agosto. Só na mala de Geddel havia R$51 milhões, sem contar as outras malas. Somando estes valores seria possível construir mais de 45 mil moradias para o povo brasileiro. Dinheiro tem, só precisa ser destinado a quem precisa.

Por isso, tomamos as ruas mais uma vez, ocupando e resistindo. Exigimos da dupla Temer/Meirelles a liberação imediata dos recursos para contratação das 35 mil moradias previstas no Orçamento de 2017 para o Minha Casa Minha Vida Entidades. E exigimos ainda a ampliação destes recursos para o Orçamento de 2018, garantindo o atendimento de milhares de famílias sem moradia.

Hoje nos mobilizamos em 10 capitais brasileiras por nossos direitos. Seguiremos nas ruas, por Teto, Trabalho e por nossos direitos.

Moradia Já!
Fora Temer!
Nenhum direito a menos!

Coordenação Nacional do MTST

Compartilhar:



Um Comentário

  1. covardes quadrilheiros golpistas...
    todos nós... inconformados com o desmantelamento de nossas instituições... entrega de nossas riquezas... com a prepotência dos sinhozinhos da casa grande... com o circo em que se transformou a (in)Justiça... com a disseminação do ódio, preconceito e racismo da "bancada evangélica" ... com a perda dos direitos sociais e trabalhistas... com o desemprego aumentando a cada dia... quebra de empresas (muitos empresários gritaram "fora Dilma" e hoje estão pagando o preço)...
    precisamos de um movimento único, apartidário... que ocupasse Brasilia... em vigília silenciosa... sem violência... sem reagir as provocações...
    aí sim... mostraríamos a nossa força... parando tudo... até que nosso Brasil nos fosse devolvido...
    que prevaleça nossa Constituição...
    queremos de volta a nossa Democracia, que tanto sangue nos custou...

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.