Temer golpeia a Venezuela

Mais um gigantesco escândalo: o golpista Temer entrega nosso exército para USA treinarem invasão da Venezuela

O jornalista  Manuel José Montañez denuncia, em seu site Aporrea,  que o governo norte americano impôs ao golpista Michel Temer mande militares de nosso Exército Brasileiro para a tríplice fronteira Peru, Colômbia e Brasil com o objetivo de treinamento para invadir a Venezuela e derrubar o Presidente Nicolás Maduro.

Embora do ponto de vista estratégico, estas manobras não representam o início de uma invasão militar, a realidade é que por trás disso, há um objetivo perverso, geopoliticamente falando mentiras. Ou seja, um “melhor estudo” do Teatro de Operações Venezolano Sul e, simultaneamente, se materializam o que seria o principal objectivo é de ocupar  o  território venezuelano e a Amazônia com a quantidade máxima de forças irregulares para aumentar o  caos e aprofundar a crise de inadimplência nessa área geográfica, com a possibilidade de criar uma espécie de território sem autoridade (tese separatista), onde operaria um conveniente “Exército Difuso” com o qual a atacar o governo central venezuelano. É o mesmo formato criado por eles na África do Norte contra a Líbia e na Síria, atualmente atolada no caos.

“Também sabíamos que o general Villas Boas é contra as manobras intervencionistas, o que obrigou a embaixada do Tio Sam, para desencorajar o bandido Temer, que implica pressionar o  General Vilas Boas a renunciar o comando geral do Exército Brasileiro  com o falacioso argumento de “convidar os militares dos EUA para fazer exercícios conjuntos, é como ensinar o inimigo e combatê-los na selva”, escreveu  Manuel José Montañez.

“Os líderes atuais (Brasil, Colômbia e Peru), parecem ter esquecido as pretensões históricas e antigas dos americanos para aproveitar a nossa Amazônia (Nós somos obrigados a não esquecer), o mais rico em biodiversidade e água no planeta, que procuram roubar sob o eufemismo de transformá-lo em um “território sob jurisdição internacional”, argumentando que não somos capazes de preservá-lo. Para eles, não somos nada mais do que números; ou seja, estamos a cerca de 500 MM pessoas (compradores e consumidores) que garantam a rentabilidade doente economia dos EUA. Para fugir, derrotado, de Euroasia, eles pretendem chegar aqui, a fim de recuperar o controle do que historicamente eles têm considerado como  seu “quintal”.

Vergonha e humilhação para o povo brasileiro.

Leia mais aqui.

Compartilhar:



Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.