MTST em São Bernardo

MTST mobiliza 6000 pessoas em São Bernardo: resistência e esperança

Na crise na qual o golpe afunda o Brasil e põe nosso povo com os trabalhadores e  os pobres na penúria, o movimento dos trabalhadores sem teto dão exemplo de mobilização e de resistência.

Esse binômico anima quem luta: para resistir é preciso, é indispensável,  a mobilização organizada unindo a todos, inclusive pensando nos suprimentos como moradia, água, alimentação e gêneros de primeira necessidade.

Resistir e mobilizar dão esperança, ao contrário da passividade e da acomodação, que entristecem e deprimem as pessoas.

Em São Bernardo, no ABCD paulista,  o povo atinge o décimo dia a ocupação através  Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) tomando um terreno  ocioso em São Bernardo do Campo. Quatro mil famílias se organizam no local.

“O terreno sempre foi desocupado. A região é muito bem localizada em São Bernardo, e a cidade tem o maior déficit habitacional da região do ABC, são mais de 90 mil famílias sem moradia”, afirmou  o coordenador do MTST Josué Rocha.

Através de  nota à imprensa o MTST denuncia  que a área desocupada descumpre o  princípio da função social previsto na legislação. “Um terreno particular que nunca recebeu qualquer uso além da cruel especulação imobiliária e total desrespeito da função social da propriedade, definida pela Constituição de 1988 como obrigatória, que exige que toda propriedade tenha algum uso que envolva ‘o atendimento das necessidades dos cidadãos quanto à qualidade de vida, à justiça social e ao desenvolvimento das atividades econômicas'”, reza a nota.

Neste dia 12/09/17, terça feira, o MTST divulgou imagens aéreas do local que registram a imensidão da ocupação. “Esta foto é uma das maiores ilustrações da crise social no país. Com o desemprego, muitos trabalhadores não conseguem mais pagar aluguel e por isso ocupam. Mas ela também retrata a esperança de quem aposta na luta e na resistência. Viva a ocupação Povo Sem Medo de São Bernardo do Campo!”, mostra o MTST em sua página no Facebook.

Ajude-nos a romper as barreiras das manipulações e mentiras da mídia comercial. Colabore com o blog Cartas Proféticas. 

Compartilhar:



Um Comentário

  1. sem abrigo.. sem ter o que comer... sem nada a oferecer aos filhos... é o limite de todo chefe de família, seja homem ou mulher...
    e quando se chega ao limite acaba o equilíbrio e o bom senso... a violência toma conta...
    alguma coisa tem que acontecer... que se consiga reverter toda essa situação com união, solidariedade e muita paz...

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.