dondoca_racista

No natal do mercado dondoca branca mostra a alma fétida de racismo e de ódio

Por Dom Orvandil.

O que aconteceu na noite de 24 de dezembro de 2019  põe nas páginas dos jornais e nas redes sociais o que é comum nas relações absolutamente violentas da dita e traiçoeira falsa classe média.

Nada é por acaso. Talvez o que surpreendeu no caso de racismo foi a revolta e a denúncia que levou a dondoca a fazer ‘festa’ burguesa na cadeia, para onde ela gostaria de enviar os pobres escravizados pela ideologia dominante, de quem ela também é uma relês serva e boneca.

A “dona”  Ariane Ellen Viriato, branquela, foi presa em Contagem, xingou  e ofendeu o trabalhador Gilson Vitalino, que trabalha como porteiro na  Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta terça-feira (24)  no prédio onde mora,   chamando-o de “macaco, safado e fedorento”, praticando  ofensa de racismo, tipificada como crime.

Interessante é que a  Polícia Militar foi chamada ao prédio, no bairro Novo Eldorado, por causa da confusão não por  Vitalino,  mas pelas pessoas que presenciaram as agressões da pequena burguesa descontrolada. Segundo o trabalhador,   o interfone não funcionava   e, por orientação do síndico, todos os moradores deveriam se dirigir  à portaria para liberar a entrada de visitas para a noite de Natal.

Quando a mãe da agressora e desrespeitosa  chegou, o porteiro aplicou  a orientação e solicitou que a mãe ligasse para a filha, para que  ela descesse. Já por telefone, de acordo com o boletim de ocorrência, a dondoca racista  xingou o trabalhador com palavrões,  alegando que  ela mora em um bloco mais afastado, mas acabou descendo.

Na portaria, a racista e preconceituosa se colocou a xingar e teria chamado o homem de “macaco, safado e fedorento”.  Foi ai que testemunhas, ao  verem a agressão,  chamaram a polícia.

Este caso não se distancia muito do ato violento e assassino do velho quase centenário de São Paulo (como analisei aqui e aqui).

Gente como a dona Ariane vivem em bolhas mentais, totalmente desconectadas  da realidade e das relações coletivas das pessoas reais.

No mundo ideal e abstrato delas avaliam que o que são e fazem é infinitamente superior ao que as outras pessoas são e fazem. Por isso estas são inferiores, alvo apenas de maus tratos, abusos e desrespeito.

Desconhecem a evolução ética, legal e política das pessoas e suas relações. Os negros para eles têm que ser escravos, tem que ser sujos e federem. Devem-lhes obediência e submissão.

Outrossim, ignoram, por serem ignorantes e toscas, que as pessoas vivem de relações e que estas podem se mobilizar rapidamente jogando o Estado que tanto odeiam sobre seus crimes e barbárie.

Como no caso do genocida em potencial, o “seo” Abel Abdo, que atirou 3 vezes em Rafael Dias por este ser homossexual,  sendo expulso do prédio pelos moradores que se organizaram, agora a dondoca sub inteligente, metida a rica, na verdade uma classe média moralmente falida, foi presa graças à mobilização de seus vizinhos.

Aí mais um exemplo do quanto a classe média, que de classe só tem a pouse, sendo abaixo da média, é autoiludida e mentirosa para si mesma.

Essa gente metida besta se acha rica,  mas é hostilizada pela dita a elite que a abomina; pensa-se melhor do que os pobres trabalhadores mas é criminosa com eles, sendo traidora mordaz da classe à qual pertence por essência.

É digno de destaque o espírito mobilizador de parte dessa classe dita média. Essa parte conhece um mínimo de leis e se propõe a defender os trabalhadores humilhados e ofendidos, como no caso de Gilson Vitalino. Essa parte não apodrecida da dita classe média guarda a reserva da ira da defesa dos direitos humanos e da mobilização.

É preciso valorizar essa força. Contaremos com essa rebeldia em futuro próximo para enfrentamentos bem mais profundos e pesados.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um comentário

  1. Dondoca branca e, como peru na noite de 24, foi frita e assada por próprio racismo contra um trabalhador negro. Acesse e compartilhe o link do Cartas Proféticas: http://cartasprofeticas.org/no-natal-do-mercado-dondoca-branca-mostra-a-alma-fetida-de-racismo-e-de-odio/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.