lgrimas_golpista

O choro facínora e as lágrimas emocionadas do surdo, cego e injusto Rodrigo Maia

Desprezado Deputado Rodrigo Maia, indigno presidente da Câmara dos Deputados, Brasília, DF

Congelado à frente da TV quando vi a aprovação da destruição da Previdência Social também me indignei com tuas lágrimas de crocodilo.

Ao ver tua emoção tive a impressão de ver descer por tua cara abaixo as arminhas de teu comparsa na presidência, o imbecil inútil ao Brasil, Jair Bolsonaro.

Sim, Rodrigo Maia, tuas lágrimas se fizeram das armas da injustiça contra a principal base econômica e social do Brasil, a classe trabalhadora, contra quem colaboras para assassinar e enterrar viva.

Tuas lágrimas se alimentam do destroçamento dos que de verdade choram por verem seu futuro absolutamente miserável.

Veja, leia e compartilhe: Aparecem as causas da morte de Paulo Henrique Amorim. Lula em risco!

Todos sabemos que choraste de emoção pelo serviço prestado ao mercado e ao neoliberalismo.

Certamente, enquanto choravas,  o teu pensamento se embalava pelos milhões de reais empacotados nas malas abarrotadas com o suor dos que tingem o território estuprado de injustiças deste país.  

As malas entulhadas do dinheiro roubado dos trabalhadores se tornaram símbolos  do golpe, o mesmo que colocou no desgoverno desta saqueada e golpeada república o outro teu comparsa, o vampirão Mi$chel Temer, que deu um ministério ao gato angorá, teu sogro.

As malas cheias do dinheiro dos negócios, que te fazem chorar e emocionam os ladrões que votaram contigo no desmonte da Previdência, são, por outro lado, o vazio e a dor dos que são assaltados aí nesse antro que presides, que é cada mais a ex casa do povo, marcadamente o balcão dos pilantras, assassinos de direitos,  bandidos,  mercadores e capachos desonestos do mercado, o deus por quem choras.

Veja também e compartilhe:

Chimarrão Profético: “Quem votou contra a Previdência e os partidos que a defenderam?”

Quem matou Paulo Henrique Amorim e a negação do jornalismo “bom mocista”.

Vi nas tua lágrimas, Rodrigo Maia, a emoção rasa de quem participa de uma quadrilha partidária de nome DEM, a verdadeira “democracia” dos ruralistas, banqueiros, surrupiadores do sangue popular  e das armas que mataram Chico Mendes.

Ao integrares essa corriola partidária te filias á ditadura sanguinária  e covarde, de cuja ARENA nasce a tal grei de pistoleiros, que também te olha com lágrimas de crocodilo, já que a inveja da mediocridade é parte da ideologia de ringue dos apóstolos do mercado.

Tuas lágrimas impressionam de verdade, Rodrigo Maia. Mostram o quanto os crápulas são emotivos.

Sim, os pilantras, no teu caso vice de Eduardo Cunha, teu parceiro de direção putrefata desse antro de negócios sujos em se transformou a casa que presides atualmente, graças a golpe de Estado e das rasteiras, se emocionam com manifestações de seus iguais.

As palavras do teu igual, o delegadozinho metido a machão, o reacionário tosco e inculto aqui de Goiás, te entregam e te desenham. Disse o pistoleiro amigo de Marconi Perillo e de Ronaldo Caiado, este um dos criadores da UDR, uma das mães do partido que te agrega: “Eu queria fazer um agradecimento todo especial ao grande condutor dessa reforma. E sem essa pessoa, com certeza, nós não teríamos chegado a esse momento tão importante. Minha especial homenagem ao presidente desta Casa, Rodrigo Maia. Sem Rodrigo Maia, nós não chegaríamos a este momento”, disse o deputado Delegado Waldir (PSL-GO).

Faltou ao tosco também dizer que sem Rodrigo Maia não haveria o golpe de 2016, nem o emprego do corrupto sogro, o malfadado Gato Angorá, traidor de Leonel Brizola nem a solidariedade a Eduardo Cunha  e a Aécio Neves.

As homenagens a ti, desprezado Rodrigo Maia, se igualam à festa de Herodes enquanto o sanguinário mandava buscar a cabeça do profeta João Batista.

Sem dúvidas, és um grande comandante, mas de salão das festas dos que apunhalam o povo brasileiro, o João Batista de hoje. E tudo transmito pela TV Câmara, paga com o dinheiro roubado dos que suam e morrem, com flashes da Rede  Globo, a empresa de comunicação dos que divertem a massa com pão e circo enquanto os gladiadores apunhalam os escravos, depois comidos pelos leões do mercado, a quem serves.

Enfim, desprezado e digno presidente do antro chamado Câmara Federal dos Despistados, tuas lágrimas rolam porque ouves as vozes do marcado macabro e traidor.

Enquanto lagrimejas, nosso povo, muitas vezes entorpecido pelas manobras que vocês urdem, usando os recursos que ele produz no uso de avançada tecnologia para enganar, mentir e enrolar, segue o cortejo do trabalho cada vez mais precário e filosoficamente próximo da escravidão.

Tua emoção feita das arminhas do idiota inútil ao Brasil ignorou os milhões de trabalhadores, estudantes, familiares e intelectuais, não para influenciar as pesquisas que identificaram que a maioria do povo brasileiro é contra os esbulhos que te fazem chorar, mas porque ilusoriamente acreditaram que o Brasil tinha Congresso Nacional.

Tuas lágrimas de crocodilo são de quem não tem votos, não tem povo, não conta com os trabalhadores, mas de quem se anima com  o apoio dos parasitas, que vivem do roubo da vida dos que de fato produzem e trabalham.

Sem dúvidas, e não precisa ser teu psicanalista para auscultar tua lacrimejante alma burguesa, alma de centrão de direita, alma inundada pelas trevas e pilar do fascismo, mas que, mais hoje ou mais amanhã, tuas lágrimas antecipam o velório dos lacaios, que serão sepultados nos túmulos dos traidores da Pátria. Certamente a tua lápida política chorosa, em breve, conterá a tua merecida homenagem bem como ao tosco aqui de Goiás: “aqui jazem os pilantras neoliberais que se dedicaram dia e noite a trair a nação brasileira, sempre velados com malas do dinheiro roubado do povo!”.

Ousar lutar e ousar vencer são marcas do povo em marcha. Venceremos!

Abraços críticos e indiguinados,

Dom Orvandil.

Veja mais, leia e compartilhe:

Não será The Intercept nem o grande Gleen Greenwald que expulsarão do governo os delinqüentes neoliberais e golpistas;

BRASIL 1 X 8 ALEMANHA;

Chimarrão Profética: “Bolsonaro, Guedes e Sérgio Moro mataram jornalista de frio!”

“O Brasil é a virgem que todo tarado quer”.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.