joão de deus temeroso

O médium João de Deus se converte em João do diabo

Em tempos bicudos e de crise caótica como a que vive o Brasil, afundando sob o desgoverno de quadrilheiros e bandidos, sempre aparecem os “santos” mostrando sua adesão ao poder e suas vantagens.

Pastores, padres e bispos neoliberais e oportunistas, totalmente comprometidos com negócios, que roubam dinheiro de pessoas desesperadas e sofridas, adeptos da  tal de “teologia” da prosperidade, como é o caso do famoso gritão fundamentalista, que “ganhou” R$100.000 de “oferta” (para ele propina é oferta) de um corrupto que recebeu uma bênção das santas mãos do alcoviteiro de direita.

Agora o famoso médium João de Deus, dito espírita,  aqui de Abadia, Goiás, dá passe no golpista e chefe da quadrilha que assaltou o Palácio do Planalto em alta traição à Presidenta Dilma.

Segundo a jornalista Daniela Lima, editora da coluna Painel da Folha de São Paulo, “o presidente (ela chama o golpista e quadrilheiro Temer de “presidente”)  recebeu novo passe de João de Deus uma semana antes de Janot anunciar o revés na delação de Joesley. Aliados atribuem o infortúnio do dono da J&F à “mão boa” do médium, que já havia dado socorro a Temer na votação da primeira denúncia”.

João de Deus alienado e alheio ao mal, às injustiças, corrupções, ao atentado aos direitos sociais, às desgraças que Michel Temer e sua gangue causam ao País,  milhões de vezes mais do que o tufão Irma, leva confusão às pessoas que criam no trabalho dele ao praticar ritual religioso para “salvar” o criminoso diante das denúncias de corrupção pelo PGR.

Na linha do que faz João de Deus,  a religião ao apoiar os poderosos e injustos, é uma desgraça à Nação.

Ajude-nos a romper as barreiras das manipulações e mentiras da mídia comercial. Colabore com o blog Cartas Proféticas.

Compartilhar:



Um Comentário

  1. politica e religião não podem e nem devem estar juntas...
    "famoso médium João de Deus" ???
    nenhum médium verdadeiro procura mídia e holofotes... é um oportunista... sem caráter algum...

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.