igreja_convico

O Modelo Dallagnol de Igreja “Convicção” é Moralmente Falido!

A partir do estigma “convicção”, afirmado por Deltan Dallagnol quando, de forma iníqua  e mentirosa, acusou o ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser chefe de uma organização criminosa sem apresentar nenhuma prova, demonstro que o conceito  é faceta do fundamentalismo farisaico e politicamente criminoso.

As convicções dos fundamentalistas têm como definição uma realidade paralela, eivada de “justicismo”, ódio, mentiras, calúnias e difamação, sem a menor compaixão com a vida íntima e subjetiva das pessoas atingidas e até destruídas.

A convicção é a faceta atualizada e violente do farisaísmo antigo, que perseguiu e matou os subversivos cristãos durante o primeiro século.

Para comprovar a barbárie do “religioso” Deltan Dallagnol, que é igrejeiro de uma Igreja Batista de Curitiba, analiso o excelente artigo da jornalista Natália Viana  no site Pública, que noticia e reflete os demônios reacionários que cercam “Donald Trump”, também mandados e entregues no Brasil para ajudar nas sujeiras fascistas de Bolsonaro. Trata-se da turma chamada Capitol Ministries, uma dessas igrejolas tipo exportação de propriedade e fundada por  Ralph Drollinger, ex-jogador de basquete na Califórnia.

O dono do tal ministério Capitólio tem como objetivo apresentar “Cristo” aos parlamentares, ministros e chefes de governo. Para isso usa a Bíblia, sempre arrancando versículos e textos de seus contextos literários, históricos, culturais, lingüísticos, econômicos e sociais, fazendo “estudos”  para convencer os que ele chama de “políticos”, geralmente conservadores e de direita.

No vídeo abaixo, fruto de uma Live, afirmo que o ministério de picaretas como Ralph Drollinger, que talvez fosse bom em basquete, que usa o prestígio que o povo americano lhe deu, na verdade,  “inventa” um Cristo fantasma como apoio político aos poderosos inimigos das nações, dos povos pobres e dos países ricos em matéria prima.

O Cristo que Drollinger joga no colo de igrejas batistas reacionárias no Brasil, verdadeiros aparelhos de narcotização das consciências, não tem nenhuma relação como o Jesus revolucionário da Palestina do Século I, perseguido e assassinado pelos poderosos denunciados pelo Cântico de Maria.

O “cristianismo” desse Ralph é danoso à paz porque prega a guerra e respalda grandes terroristas internacionais como Donald Trump, seu vice presidente Mike Pence e o trambiqueiro violento, articulador dos golpes de Estado no Brasil e na América Latina, Mike Pompeo, secretário de Estado do governo da nação imperialista, os Estados Unidos.

O Cristo fantasmagórico desse segmento não é ingênuo, mas intencionalmente voltado para os interesses dos poderosos grupos e conglomerados que dominam o mundo na busca de mais concentração de riquezas, de poder,  enfraquecendo, inclusive, a pequena burguesia nacional, sem falarmos no massacre  sangrento dos trabalhadores.

Acesse abaixo o vídeo, curta, inscreva-se no canal, ative o sininho e compartilhe.

Acesse também e compartilhe o canal “Espiritualidade Revolucionária”, que tem o objetivo de comentar os evangelhos dominicais e de fazer outras meditações em caráter ecumênico e libertador: https://www.youtube.com/channel/UC9WX…

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.