cristãos_fake

Os tais intitulados “evangélicos”, e outros grupos ditos cristãos (católicos romanos etc.) e não religiosos moralistas, ao decidirem aceitar e compartilhar todo tipo de fake news (de mentira), que lhes vêm pelas redes sociais, sem avaliarem as fontes, se confirmam como “filhos do diabo”, o pai da mentira

A sua solidariedade ao Cartas Proféticas é fundamental e essencial para a manutenção deste trabalho e sua ampliação. Não lhe pedimos esmolas nem nos movemos pela exploração da economia popular. Reforce-a com seus contatos e amig@s: http://cartasprofeticas.org/colabore.

Acesse também e compartilhe o Canal Espiritualidade Revolucionária: https://www.youtube.com/channel/UC9WX….

Daniel da Costa*

Certa vez, o Fundador do Cristianismo, Jesus Cristo, o profeta carpinteiro de Nazaré, disse uma palavra dura, mas necessária, aos hipócritas religiosos de sua época. Que queriam colocar em dúvida a autoridade espiritual de Jesus pela qual ele cumpria sua missão diante de Deus, dos seres humanos e de todo o mundo espiritual, incluindo o mundo das trevas.

Hoje, a obra de justiça, junto aos excluídos da terra, aos pobres que necessitam de ajuda e aos enfermos que necessitam de médico, exatamente a obra que Jesus Cristo veio cumprir, é confiada aos seus discípulos atuais. Que sãos as pessoas que lutam por direitos, por respeito a sua dignidade como cidadãos e cidadãs (todos imagem e semelhança de Deus) e por uma sociedade democrática inclusiva e participativa, que é o avanço que a vida e mensagem de Jesus tem propiciado, nos nossos dias, ao que foi o primeiro ensaio de democracia parcial, criada pelos gregos antigos no sexto século antes de Jesus Cristo, e que continuou excludente na falsa democracia formal estabelecida no mundo pela ideologia liberal burguesa capitalista do século XVIII até os dias de hoje. 

E hoje, os hipócritas moralistas religiosos continuam a atacar a obra de Jesus Cristo e quem pretende realizá-la. Os hipócritas de hoje são os tais intitulados “evangélicos”, e outros grupos de ditos cristãos (católicos romanos etc.) e não religiosos moralistas. E a estes, a palavra de Jesus Cristo continua atual:

“E aconteceu que, estando Jesus em casa, à mesa para comer, muitos cobradores de impostos dos judeus para os romanos (os publicanos) e outros pecadores dos mais variados tipos, vieram e tomaram lugares à mesma mesa com Jesus e seus discípulos. Ora, vendo isto, os fariseus (religiosos moralistas da época de Jesus) perguntavam aos discípulos: Por que o mestre de vocês come com os publicanos e os pecadores? Mas Jesus, ouvindo, disse: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes. Vocês podem ir, se quiserem, mas vejam se aprendem o que significa a seguinte palavra: ‘Misericórdia é o que eu quero, e não sacríficos’; pois não vim chamar justos, e sim pecadores.” [Mateus 9, versículos 10 ss.])

Hoje, os hipócritas intitulados “evangélicos”, e outros grupos ditos cristãos (católicos romanos etc.), e não religiosos moralistas, continuam a atacar e a se opor à obra feita por aqueles nos quais habita o espírito de Cristo, que é espírito de justiça.

E contra estes intitulados “evangélicos”, e outros grupos ditos cristãos (católicos romanos etc.) e não religiosos moralistas há uma palavra que se encontra no Evangelho de João, capítulo 8, no versículo 44. Esta palavra é dura, e permanece ainda hoje atual, em relação aos tais intitulados “evangélicos”, e outros grupos ditos cristãos (católicos romanos etc.) e não religiosos moralistas que, na verdade, são adoradores da mentira e do seu pai: o Diabo.

Vejamos esta palavra dita por Jesus:

“Você pertencem ao diabo, que é o verdadeiro pai de vocês. O que vocês querem é satisfazer os desejos dele. Já que ele foi homicida desde o princípio, jamais se firmando na verdade porque fala sempre do que lhe é próprio, pois é mentiroso e pai da mentira.”

Estes intitulados “evangélicos”, e outros grupos ditos cristãos (católicos romanos etc.) e não religiosos moralistas correm, hoje, com a possibilidade de disseminação da mentira (fake News) pelas redes sociais, estes indivíduos correm para abraçar a mentira como o rio corre para o mar.

Estão tão cegos, e é tanta a podridão que carregam dentro de si mesmos que já não conseguem se conter. E, ao primeiro som ou imagem ou texto de mentira que corresponda ao que se encontra dentro de cada um deles, abraçam a mentira rápida e totalmente, projetando a malignidade que há dentro dessa gente sobre as outras pessoas. Exatamente como faziam os moralistas hipócritas dos tempos de Jesus. E se tornam juízes dos outros prontos a condenar. Exatamente o contrário do que Jesus Cristo veio fazer e ordenar aos seus discípulos que fizessem.

Estão tão dominados pelo diabo que já não avaliam mais as fontes de informação que recebem. Simplesmente acreditam e passam para frente multiplicando e confirmando a mentira. E, passando de um para o outro, vão se contaminando, uns aos outros, e caminhando para o abismo. Pois, a cada vez, confirmando-se na mentira, confirmam-se que são mesmo filhos do diabo.

* Bacharel, licenciado, mestre e doutor em filosofia pela USP; bacharel em teologia pela Faculdade Teológica Batista de SP; pedagogo licenciado pela FALC; autor de artigos de filosofia em veículos especializados e livros coletânea; autor do livro *O cristianismo ateu de Pierre Thevenaz* (no prelo); tradutor de mais de trinta livros nas áreas de filosofia, ciências da religião, ciências humanas e teologia; músico profissional (guitarrista) e jornalista. Colunista do Cartas Proféticas.

Leia e acesse mais. Compartilhe, também:

– Além da pandemia mortal a máfia Bolsonaro – Trump armam guerra sangrenta entre o Brasil e os vizinhos.

– Chimarrão Profético: “Testemunho de Hilde Garden sobre o ‘Acampamento Lula Livre”.

– Esperanças insuficientes: empresariado golpista foi derrotado juntamente com o miliciano que apoiam na presidência maluca.

– A exclusão educacional das pessoas negras no Brasil.

– Chimarrão Profético: ”Os crimes cometidos no desgoverno Bolsonaro”.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.