Foto de O Popular

Pai mata filho por causa da luta deste contra o golpe

Foto de O Popular

Amiga Bárbara Dias, Niterói, RJ

Aqui em Goiânia um pai matou seu jovem filho único, de 20 anos.

Segundo o site Mais Goiás “uma discussão familiar provocou, no final da tarde desta terça-feira (15/11), uma tragédia no Setor Aeroporto, em Goiânia. Após discutir com o filho de 20 anos, o engenheiro Alexandre José da Silva Neto, de 60 anos, atirou nele e em seguida contra a própria cabeça.


O assassinato seguido de suicídio, que aconteceu no cruzamento da Avenida República do Líbano esquina com a Rua 59 A, foi filmado pela moradora de um prédio próximo. Após estacionar o veículo, Alexandre José desceu do carro e foi conversar com o filho Guilherme da Silva Neto, de 20 anos, que estava sentado na calçada.


Após uma rápida discussão, o engenheiro abraçou o filho, atirou contra ele e em seguida na própria cabeça. O jovem morreu na hora. Alexandre José chegou a ser socorrido pelos Bombeiros, mas morreu logo após dar entrada no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

Agentes da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) que estiveram no local foram informados, através do relato de testemunhas, que o assassinato teria sido motivado porque o engenheiro não queria que o filho participasse de protestos em uma escola em Goiânia. “Ele falou que preferia matar o filho ao vê-lo participar de um protesto”, contou uma das testemunhas ao delegado Hellyton Carvalho, adjunto da DIH, e que foi quem atendeu a ocorrência.

Guilherme Neto é filho da delegada aposentada da Polícia Civil de Goiás Rosália de Moura Rosa Silva. O revólver usado no assassinato e no suicídio foi apreendido pela Polícia Civil e encaminhado para o Instituto de Criminalística.”

A atitude absolutamente violenta de Alexandre José da Silva Neto é assustadora. Como pai não tolerou a militância do filho contra a privatização das escolas, esse movimento desrespeitoso ao serviço público que o governo de Goiás pratica na destruição da educação e da saúde. Como universitário o filho Guilherme envolveu-se na defesa da universidade pública contra a política de controle dos gastos praticados pelo desgoverno golpista Temer.

Esse fato triste de assassinato e suicídio é um dos aspectos mais violentos e chocantes do que acontece em todo o Brasil, de responsabilidade desse governo federal golpista e da orla fascista que toma conta do País.

Em toda a parte se constata violência e intolerância desbragada, com mais ou menos desrespeito,

Há poucos dias uma professora esposa de um amigo meu de juventude agiu grosseiramente me xingando pelo what’s app apenas porque eu anuncio meu blog a todos os meus amigos e amigas. Um bispo saiu de pau sobre mim porque pedi dele tolerância com referência ao sofrimento de homossexuais. Rapidamente me clichetou como petista destruidor de famílias. Ainda bem que seu destempero também se deu pela what’s app. O que faria pessoalmente? Alunos de curso de pós-graduação não escutaram minhas indicações de textos, de autores e bibliografia e se comportaram agressivos guiados por puro fundamentalismo vulgar e religioso, de leituras bíblicas devocionais sem profundidade, fontes de fanatismo bestial. O que fariam se dispusessem de uma arma?

O sinal de intolerância sempre é emitido, geralmente com muito desrespeito às diferenças, por parte dos conservadores que se acham donos da verdade e dos bons costumes.

Triste essa tragédia familiar aqui de Goiânia, mas o crime não partiu do jovem participante da ocupação da universidade federal, que certamente defendeu até à morte. O pai, no entanto, com 60 anos não se guiou pela prudência e pelo espirito democrático, fonte de humanidade e convivência respeitosa.

Quais são as fontes dessa violência sem fim? Uma é a mídia golpista que mente, manipula, brutaliza e banaliza a verdade. Ela injeta ódio ao ponto de incentivar um pai pobre de espírito a acabar com a vida de um filho.

Outra fonte é o golpe de Estado urdido na traição de um sujeito sem votos que integrou uma chapa para governar o Brasil.

O golpe de Temer estupra a sociedade e desce do governo usurpador como cascata atingindo a todos.

Quanto mais tempo o País levar para reverter esse golpe mais vidas se perderão, principalmente vidas preciosas, bonitas e inteligentes como a do Guilherme.

Os secundaristas, universitários, professores e familiares merecem todo o apoio frente a violência do golpe que se traduz em privatizações e aniquilamento dos direitos sociais.

Clique aqui para acessar o Canal CRP no You Tube.  Inscreva-se no Canal. E aqui para curtir nossa página no Facebook.

  • Abraços críticos e fraternos na luta pela justiça e pela paz sociais.
  • Dom Orvandil, OSF: bispo cabano, farrapo e republicano, presidente da Ibrapazbispo da Diocese Brasil Central e professor universitário, trabalhando duro sem explorar ninguém.
Compartilhar:



5 Comentários

  1. […] tensões causadas pela participação de Guilherme (leia mais aqui no me artigo desta madrugada) nos movimentos estudantis de resistência ao golpe em sua forma de […]

  2. Sempre tenho muita cautela em analisar crimes desse tipo, onde pai mata filho ou vice versa, mulher mata marido, etc.
    Há não muito tempo, aqui na região do Vale S. Francisco (Juazeiro/Petrolina), uma mulher matou o pai com faca e ainda lambeu o sangue da arma. E uma mulher matou o marido jogando água fervente em seus ouvidos.
    Coisas bárbaras, sem dúvidas, embora a gente pare para pensar quando toma conhecimento das histórias por trás dos crimes: no primeiro caso, o pai violentava aquela garota quando menina e, aos 12 anos, a expulsou de casa. No segundo, a mulher apanhou do marido durante vinte e tantos anos.
    Por favor, não entenda que eu esteja sugerindo que o Guilherme tenha feito algo que motivasse a ira do pai. Apenas fico pensando nos desequilíbrios mentais desse pai que o levaram a matar o filho, crime no qual a participação do filho nas ocupações foi apenas a gota d'água, pois tudo parece tão absurdo que se é levado a buscar outra explicação mais profunda.

    • Obrigado amigo Ari Couto por seu comentário e por suas preocupações. Posso afirmar que no caso de Guilherme esse moço era profundamente bem quisto pelos amiigos, praçoselos professores da Universidade Federal e pelos movimento de resistência das ocupações das escolas. Abraços

  3. Querido amigo Dom Orvandil Moreira Barbosa, este com certeza é um dos comentários mais difícil de ser digitado. Depois disso não tenho a menor ideia do que mais possa acontecer.

    NÃO QUERO JULGAR, NEM PAI, NEM FILHO.
    SINTO E SOLIDARIZO-ME COM O SOFRIMENTO E SOLIDÃO DESSA ESPOSA E MÃE.
    NÃO VI SEU ROSTO E NEM DO PAI.

    VI SIM, COMO AO MUNDO TODO FOI MOSTRADO, O LINDO ROSTO DO GUILHERME.
    UM ROSTO TRIANGULAR, COM LINHAS SUAVES E FEIÇÕES TRANQUILAS. UM ROSTO QUE DEMONSTRA TERNURA E PAZ.

    NÃO O IMAGINO EM DISCUSSÕES VIOLENTAS. MUITO PELO CONTRÁRIO.
    MAS COM PROPÓSITOS FIRMES E EQUILIBRADOS. DEFENDENDO SEU IDEAL DE JOVEM CIDADÃO!
    PENSANDO NISSO, VEJO TRISTEZA EM SEU OLHAR...

    TALVEZ POR NÃO ENCONTRAR RESPALDO NAQUELE QUE COM CERTEZA FOI O SEU PRIMEIRO HERÓI... SEU PAI.

    E VOLTO A PENSAR NA MÃE...

    E PERGUNTO-ME:
    - COMO TERÁ VIVIDO ESSA MULHER, NESSE TRIÂNGULO FAMILIAR?
    - COM QUAL DOS DOIS ELA CONCORDAVA?
    - QUAL SERIA A SUA POSTURA NAS HORAS DE DESENTENDIMENTO?

    POBRE MULHER !

    POBRE PAI, CUJA IGNORÂNCIA E PREPOTÊNCIA É LEVADO AO DESATINO !

    POBRE FILHO ! A MAIOR VÍTIMA !
    PAGOU COM A VIDA, SEU DIREITO DE SONHAR E SEU DESEJO DE LUTAR POR UMA PÁTRIA MELHOR...

    QUE O DESATINO DESSE PAI, SIRVA PARA MOSTRAR AOS OUTROS QUE NÃO SÃO DONOS DOS DESTINOS DOS SEUS FILHOS...

    QUE O SANGUE DERRAMADO DE GUILHERME EM NOSSA TERRA, SIRVA PARA FORTALECER , ESCLARECER E ENCORAJAR, MAIS E MAIS JOVENS E MAIS E MAIS, E MUITO MAIS. FORMANDO MULTIDÕES, TOMANDO POSIÇÕES, AVANÇANDO SEMPRE MAIS ...

    JOVENS DA MINHA PÁTRIA ! MENINOS E MENINAS DESTE PAÍS !
    A HORA É AGORA ! MOSTREM AOS HOMENS E AS MULHERES DESTE BRASIL, QUE VOCÊS NÃO ESTÃO DE BRINCADEIRA ! TOMEM SEUS LUGARES ! DEFENDAM SEUS DIREITOS !

    DESALOJEM BANDIDOS, FANTASIADOS DE AUTORIDADES ! SEJAM TODOS E TODAS. "ANAS JÚLIAS " CALANDO CONGRESSOS, SURPREENDENDO MINISTROS. ENSINANDO AOS SEUS PAIS...

    TOMEM SEUS POSTOS ! EMPUNHAM BANDEIRAS ! ABRAM CAMINHOS !
    COM GRITOS DE GUERRA EXIJAM RESPEITO, DAQUELES QUE PENSAM QUE SOMOS IDIOTAS E QUE NÃO VEMOS QUE SÓ BUSCAM OS CARGOS, EM SEUS BENEFÍCIOS...


    NÃO TENHAM MEDO !
    SIGAM EM FRENTE ! ESCREVAM CONSCIENTES A NOVA HISTÓRIA
    DE LUTA E GLÓRIA DE UM NOVO BRASIL...

    • Parabéns pelo conteúdo e representação simbólica de seu comentário, querida Profª Yolanda. Pelo conteúdo que poderia ser texto de um panleto para encenciar a alma de uma multidão bem mobilizada no enfrentamento do golpe e seus atos violentos. Simbólicos porque suas palavras nesse comentário representam mudanças de uma grande mulher que migou ideologicamente para um mundo novo onde não há ídolos de pés de barro e efêmeras pela insuflação da mídia ser vergonha e golpista. É o sentido de profunda transfromação de uma mulher que se transmuda de uma falsa zona de conforto de um conservadorismo mediocrizante, pobre e servil para uma postura desafiadora, revolucinária e exigente de lutas. É um grande e o melhor de seus comentários, bem singnificativo de um processo maduro e sustentável de mudanças profundas. Parabéns.

      Certamente a amiga percebe que aqui não há comentários contrários e contestatórios ao que escrevo e aos meus videos. Pena, as pessoas não sabem discordar com argumentos sérios e bem fundamentados. Só o que fazem é ofender parece rosnadas de cães envenenados e coises de burros enfurecidos. Então não publico esse tipo de coisa. Prefiro poucos comentários, mas manter limpo este blog. Desgraçadamente recebo inifitamente mais comentários de baixo sentido e com muito ódio do que os de excelência como o seu. Abraços

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.