jairbolsonaro

Pastores, Teólogos, Padres e Bispos de todas as igrejas cristãs assinam carta contra Jair Bolsonaro e o fascismo

Ontem (26/09/18) postamos aqui a carta do pastor, teólogo, conferencista, psicólogo e músico Hermes C. Fernandes dirigida aos pastores e igrejas que ainda apoiam Jair Bolsonaro.

Nosso blog Cartas Proféticas é trincheira permanente de denúncias das injustiças, destruição dos direitos sociais, da Constituição, dos empregos e da distribuição de renda dos trabalhadores e de todos os programas  que incluem e humanizam os pobres.

Agora pastores, teólogos, padres e bispos se somam ao mesmo clamor contra o fascismo representado pela monstruosidade fascista de Jair Bolsonaro.

Jair Bolsonaro, seus apoiadores e familiares são  racistas, machistas, homofóbicos, inimigos dos pobres, dos direitos sociais e dos trabalhadores. São defensores dos crimes neoliberais do mercado e do imperialismo,  os Estados Unidos, a cuja bandeira da cabeça de comando das corporações mundiais o candidato  bate continência, numa agressão e desrespeito aos povos e ao Brasil.

Leia abaixo a carta pastoral e profética e siga o site Petição Pública  com as milhares de assinaturas, inclusive deste blogueiro e bispo. 

CARTA PASTORAL À NAÇÃO BRASILEIRA 

Nós – pastores e pastoras, e líderes evangélicos e cristãos das mais diferentes tradições – vimos à nação brasileira, neste conturbado contexto eleitoral, marcado por polarizações, extremismos e violência, afirmar:

1) Nosso compromisso com o Evangelho do Cristo, personificado na figura de Jesus de Nazaré, que, suportando todo tipo de contradição, injustiça, humilhação e violência, legou-nos o caminho do amor, da paz e da convivência; e promoveu a dignidade humana. Sim, em Cristo, não há direita, nem esquerda, nem homem, nem mulher, nem estrangeiro, nem rico, nem pobre. Também não há distinção de classe, de cor, de nacionalidade ou de condição física, pois, nele, todos somos iguais (Fp 2.1,5-11; Jo 4; Mt 19.14; Is 53.4-7; Rm 10.12; Gl 3.23-29; Cl 3.11; Fp 2.5-8);

2) Nosso renovado compromisso de orar não só pelo futuro mas, sobretudo, pelo presente do país, incluindo seus governantes, neste momento em que o povo brasileiro é convidado a fazer suas escolhas, de tal modo que elas sejam exercidas em paz e pela paz (1Tm 2.2; Rm 13.1-7; Pv 28.9; Mt 7.7-8; Rm 8.26-27; Ef 6.18; 1Ts 5.17; 1Tm 2.1-2; Tg 5.16);

3) Nosso convite para que todos os brasileiros e brasileiras exerçam sua cidadania, escolhendo seus candidatos pelo alinhamento deles com os valores do Reino de Deus, evidenciados na defesa dos mais pobres e dos menos favorecidos, na crítica a toda forma de injustiça e violência, na denúncia das desigualdades econômicas e sociais, no acolhimento aos vulneráveis, na tolerância com o diferente, no cuidado com os encarcerados, na responsabilidade com a criação de Deus, e na promoção de ações de justiça e de paz (Dt 16.19; Sl 82.2-5; Pv 29.2; 31.,9; Is 10.1-2; Jr 22.15-17; Am 8.3-7; Gn 2.15; Rm 8.18-25; Mt 5.6; 25.34-35; Lc 6.27-31; Tg 1.27; 2.6-7);

4) Nossa indignação contra toda pretensão de haver um governo exercido em nome de Deus, bem como contra toda aspiração autoritária e antidemocrática. Afirmamos nossa firme convicção de que o nome de Deus não pode ser usado em vão, ainda mais para fins políticos. Por isso, recomendamos, enfaticamente, que se desconfie de qualquer tentativa de manipulação do nome de Deus (Ex 20.7);

5) Nosso repúdio a toda e qualquer forma de instrumentalização da religião e dos espaços sagrados para promoção de candidatos e partidarismos. Cremos num Deus grande o suficiente para não se deixar usar por formas anticristãs de pensamento e de ação;

6) Nossa denúncia da instrumentalização da piedade e da posição pastoral com objetivo de exercer uma condução do voto. Reafirmamos a liberdade que o cidadão tem de optar por seus candidatos, sem se sentir levado por sentimentos de medo e culpa, frequentemente promovidos por profissionais da religião visando a manipulação política de fiéis (Mt 7.15-20; Rm 16.17-18; 2 Pe 2.1-3; Jo 10.10a);

7) Nossa denúncia de toda e qualquer forma de corrupção, desde aquelas que lesam os cofres públicos às demais travestidas ora de opressão social, ora de conluios e conveniências com a injustiça, com a impunidade e com os poderes estabelecidos (Dt 25.13-16; Pv 11.1; 20.10; 31.9; Is 10.1-2; Jr 22.15-17; Mq 6.11; 7.2-3; Lc 3.12-13);

8) Nossa certeza de que o Reino não está circunscrito à Igreja e de que não pode ser capitaneado por ninguém, seja qual for o cargo que exerça ou credencial que possua (Lc 17.20-21; At 10.34-35);

9) Nossa inconformidade com o clima violento que tomou conta do país, o qual foi, também, muito alimentado por lideranças religiosas que, ao invés de pacificarem o povo e abrandarem os discursos, inflamam ainda mais o contexto polarizado em que vivemos (Mt 5.9; 11.29; Lc 6.27-31; Rm 12.19-21; Cl 3.12);

10) Nossa defesa do Estado laico, da liberdade de consciência e de expressão, do direito à vida, à maturidade individual e à integridade, e do pleno direito de exercermos a liberdade religiosa (Jo 8.31-32,36; 2Co 3.17; Gl 5.1.13; Rm 6.22; Cl 1.13);

11) Nosso renovado compromisso de semear perdão onde houver ofensa, amor onde houver ódio, esperança onde houver desespero, luz onde houver trevas, verdade onde houver mentira e união onde houver discórdia, manifestos no respeito e na contínua intercessão a Deus pelo processo democrático brasileiro (Mt 5.9; 18.21-22; Lc 6.27-31; Jo 13.3-5; Rm 12.19-21; Gl 5.13);

12) Nossa união em defesa da vida digna, em sua plenitude, para todas as pessoas, cujo exemplo e potencial maior está em Jesus de Nazaré; e do amor, da paz e da justiça estabelecidos por ele como valores para sua efetivação (Mt 11.29; Jo 10.10; 13.3-5,15; Rm 12.1-2; Fp 2.5-8).

“A graça do Senhor Jesus Cristo,
e o amor de Deus,
e a comunhão do Espírito Santo
sejam com todos vós.”
(2 Co 13.13)

Brasil, setembro de 2018.

ASSINE CONOSCO

A lista de signatários é atualizada diariamente, incorporando aqueles que assinam pelo site.
A lista segue.

Colabore com o Blog

7 Comentários

  1. Quero compartilhar este post porém não posso com esta foto. Poderiam fazer uma opção sem a imagem do coiso? Agradaria!!

  2. Quando querem ser hipócritas são ao extremo, é isso mesmo, quantas e quantas vzs vcs líderes religiosos subiram nos palanques para pedirem votos aos seus colaboradores políticos. Vcs deveriam ter vergonha na cara. E não se envolver com isso.

  3. Nossa democracia volta a respirar com a eleição de Haddad para presidente.
    É o tapa na cara com luva de pelica do trabalhador que elegeu Dilma Rousseff , que foi tirada do governo em um golpe sujo dado pela mídia golpista.em toda uma nação.

  4. Amém,..
    Eu também nem voto porque não posso escolher alguém para administrar o Brasil ...

    Sabe porque que eu não voto mais
    Porque todas nações tinha um Rei...
    Só a nação de Samuel que não tinha
    Sabe por que Deus falava com Samuel e Samuel falava com o povo então era Deus que comandava..
    Mas o povo ficou com ciúmes de outras nações daí pediu um rei para Samuel
    E Samuel falou com Deus e Deus disse dá um rei para eles É a mim que eles estão regeitando
    Daí Samuel ouviu o que Deus disse .
    E.o povo escolheu a Saul era um homem bonito não tinha defeito dês dos pés a cabeça falia por dês homens..
    Esse iria reinar sobre os povos..
    Daí Samuel passou para eles as responsabilidades o que iria acontecer
    As filhas deles as mais bonitas e formosas iria servir o rei os filhos mas fortes também iria servir o rei
    Mesmo assim o povo critavam queremos o rei
    Daí Saul começou a reinar logo nos primeiros anos começou as guerras até o dia de hoje não parou
    Então por esse motivo que eu não voto mais...

  5. Você evangélico que acabou de fazer esta leitura lembre-se que Deus tudo sabe, tudo conhece, e tem o controle de tudo na face da terra. Deus já decidiu quem será o novo presidente do BrasilO resto é só blá, blá, de eleitores fanáticos.Busque de Deus orientação em quem votar. Abraços

    • De acordo Cláudia A Calado, também creio assim e darei o meu melhor no voto, em nome dO Senhor Jesus Cristo!

    • 👏🏻👏🏻👏🏻 concordo com vc. O verdadeiro cristão deixa Deus no comando, ninguém é mais autoridade que ele. Tem pessoas que conhece a palavra mas não o poder do nosso Deus. Ele esqueceu de narrar o desfecho dessa palavra. Deus colocou e Deus tirou,pos outro e depois outro. É Deus que esta no comando ate os dias de hoje. Ele permite à tempestade mas é ele quem acalma. 🙏‼ Façamos nossa parte e deixamos Deus conduzir o barco‼
      Uma frase que gosto muito : " Nesse mundo somos mestre e alunos; algumas vezes ensinamos e muitas outras aprendemos."

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com * são obrigatórios *