rita_almeida

Psicóloga e doutora alerta para as lições do coronavirus

Acervo pessoal da doutora Rita Almeida
Dom Orvandil.

Há muita bobagem e vulgaridade ditas sobre o coronavirus;  muita fantasia alardeada por causa do medo social sem informação e pelo medo do desamparo.

Num mundo dominado pelo mercado, mais interessado em vender do que resolver os problemas de saúde, que manipula a mídia e esta usada como controle dos sentimentos e vontades da população, é complexo entender a causa desta crise que se abate  no mundo e a verdade sobre sua solução.

São tantas as receitas de como lidar com o coronavírus e até sobre qual é a diferença entre ele e uma simples gripe.

Poucas pessoas se alertam para o fato de que não é o coronavirus que  gera crise econômica, mas é esta que produz aquele, ao contrário do que diz a mídia mentirosa e manipuladora.

Numa das facetas dessa crise econômica encontra-se o esvaziamento do Estado como amparo e protetor econômico do povo numa abalo epidêmica da saúde, em cuja situação os os poucos recursos individuais e familiares  aumentam ainda mais a fragilidade humana e favorece a circulação contagiosa do vírus.

É num ambiente nebuloso como este no Brasil e no mundo que o tirocínio e a capacidade de uma pessoa qualificada como a psicóloga e doutora em educação, Rita Almeida, mulher de ciência e, ao mesmo tempo, capaz de detectar e explicar com simplicidade o pano de fundo da hecatombe viral que vivemos com o coronavirus.  A doutora Rita nos desafia a percebermos a solução, infelizmente agredida pelo mercado e pelo desgoverno protofascista que aí está, fazendo nos saltar à consciência a mais preciosa solução no mundo, o nosso SUS, que ninguém tem.

Rita chama a atenção que “é o coronavírus ensinando que se a sociedade não pode cuidar de todos, todos estão sob risco”.

Leia abaixo a íntegra do breve texto da doutora Rita Almeida,  postado em sua conta no Facebook no dia 05 de março de 2020.

Suponhamos que, diante de uma epidemia Coronavírus, o governo do seu país recomende que, em caso de suspeita da doença, o cidadão procure um médico e fique em casa, para evitar transmiti-la. Só que esse mesmo país não possui uma lei federal que obrigue empregadores a oferecer licença saúde remunerada, portanto, muitos funcionários precisam escolher entre trabalhar doentes ou ficar sem salário — ou até mesmo perder o emprego, já que não há também garantia de seguridade trabalhista. Além disso, este país também não possui um sistema público de assistência a saúde, assim sendo, os que não podem pagar por um seguro saúde, evita ir ao médico, com medo dos altos custos de um procedimento de saúde privado.

O país descrito acima é os EUA

E este é o coronavírus ensinando a importância de um sistema de saúde público universal.

É o coronavírus ensinando sobre a necessidade dos sistemas de proteção ao trabalhador.

É o coronavírus ensinando a importância do Estado como mantenedor de um pacto coletivo de cidadania.

É o coronavírus ensinando que, se deixarmos a vida em sociedade a cargo da meritocracia, ninguém está seguro.

É o coronavírus ensinando que não adianta você ter um ótimo plano de saúde e seguridade trabalhista, se os demais habitantes da sua cidade não tem.

É o coronavírus ensinando que se a sociedade não pode cuidar de todos, todos estão sob risco.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um comentário

  1. "Psicóloga e doutora alerta para as lições do coronavirus". Ajude-nos a movimentar o Cartas Proféticas compartilhando somente a chamada e o link desta postagem: http://cartasprofeticas.org/psicologa-e-doutora-alerta-para-as-licoes-do-coronavirus/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.