bancada-evangelica

Que deus safado é o dos corruptos deputados evangélicos que votaram no quadrilheiro Temer?

Pois é, deputados da bancada evangélica fecharam apoio incondicional ao quadrilheiro  Michel Temer. Decidiram que Temer não deve ser processado e afirmam que a orientação para este posicionamento partiu de Deus.

Desonestos, corruptos, reacionários, fundamentalistas mamadores e predadores do Estado os deputados da malfadada  bancada evangélica  (que de evangélica não tem nada) votaram a favor do traidor Temer, tudo  em troca de projetos que são de interesse dos parlamentares, mas eles, de bíblia lida sob a ótica da safadeza fundamentalista,  dizem que foi Deus que mandou.

Mas que deus é esse? Certamente é o deus capitalista castrador de direitos, uma figura  crápula que esses marginais canalhas usam como justificativa para o roubo do dinheiro público.

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), deu a senha para os demais quando anunciou seu voto. Disseram que em oração veio a resposta que salvar Temer seria salvar o Brasil.

Como ele, votaram Silas Câmara, Victório Galli, Marcelo Aguiar, Marco Feliciano, Paulo Freire, Ezequiel Teixeira, Rosangela Gomes, Pastor Luciano Braga, deputado pastor João Campos, entre outros.

Barbaridade! Isso não tem nada a ver com igreja nem com cristianismo!

Foram ao todo R$ 4 bilhões de reais sob a cláusula de emendas parlamentares. Pura corrupção, que a lava jato nem o STF não vêm.

Colabore com o Cartas Proféticas que analisa as notícias, busca os nexos com o todo, com as causas e os efeitos e critica  propositivamente.

Compartilhar:



Um Comentário

  1. Silas Câmara, Victório Galli, Marcelo Aguiar, Marco Feliciano, Paulo Freire, Ezequiel Teixeira, Rosangela Gomes, Pastor Luciano Braga, deputado pastor João Campos, entre outros e o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado Hidekazu Takayama só envergonham e denigrem a imagem dos verdadeiros Pastores Evangélicos que pregam a palavra de Deus e o amor ao próximo...

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.