locaute

Quem manobra a falsa greve dos caminhoneiros?

Caríssimo Dr. José Márcio Sócrates Gomes Pinto, Médico Clínico, Goiânia, Goiás.

Um dos prazeres da vida deste blogueiro, editor deste blog e do canal com o mesmo nome, foi conhecê-lo e me deparar com sua profunda humanidade e amor pelos valores civilizacionais marcados pelas forças da compaixão, da justiça e da paz, todos retratados no próximo paradigma econômico, político e social, superando as desgraças do capitalismo.

Muitas pessoas me perguntam sobre os objetivos dos manobristas das manifestações dos/as caminhoneiros/as.

Sem dúvidas, o grande monstro que agarra os volantes dos caminhões das gigantescas empresas nacionais e multinacionais, donas de frotas poderosas de transporte de cargas, são os mesmos que manipularam as manifestações de 2013, 2014 e que influenciaram nas eleições parlamentares, a governadores e presidência em 2014, quase elegendo o ébrio Aécio Neves.

Os condutores seguem também  os proprietários autônomos de caminhões, que são usados sem alternativas pelos empresários ávidos de lucros, atingidos pela alta do óleo diesel e da gasolina.

Os que empurram os caminhões para cima das estradas do país são os grandes empresários urbanos e rurais, estes os mesmos que jogaram ovos, pedras e deram tiros na caravana do ex presidente Lula ao Sul,   sem portar nenhuma bandeira contra o golpe, nem por Lula Livre, nem contra a entrega de nossas estatais, notadamente a Petrobras, o pré sal e o petróleo.

Cobertos amplamente pela mídia dominante servem aos propósitos neoliberais, os mesmos que promoveram o golpe de Estado em 2016, usando canalhas idiotizados, imorais, traidores da pátria, comprados desonrados, inimigos da democracia e dos trabalhadores, que atuam no Congresso Nacional e no judiciário, acentuadamente representado pelos estragos propositais da lava jato.

As faixas e vídeos divulgados desde os pontos de paradas dos caminhoneiros, pedindo intervenção militar não são isolados, mas fazem parte dos que se escondem nos escritórios, prédios, mansões e palácios nos Estados Unidos e no Brasil.

Causa espanto a má fé do Sindicato dos Caminhoneiros do Brasil e do Movimento União Brasil Caminhoneiro, sem ideologia da classe trabalhadora e dominada pelas ideias patronais, sempre prontos a abocanhar o dinheiro público advindo de alívio dos impostos, que sobrecarregam os/as trabalhadores/as e os pobres, estuprados pela perversidade e prostituição dos donos do capital, este na verdade roubado de quem o produz.

Essas tais duvidosas lideranças dos caminhoneiros não esclarecem os mais pobres e autônomos sobre as maléficas e verdadeiras intenções golpistas que movem esse movimento, agora travestido de carrocerias pesadas, cabines pilotadas por trabalhadores mas, na verdade,  de volantes ideológicos conduzidos por assaltantes desonestos e golpeadores da democracia.

Os caminhoneiros são uma tentativa de substituir os mediotoches, midiotas, patosidiotas e os inocentes úteis, hoje num movimento de quem acordou do pesadelo a que os monstros do golpe os conduziu.

O discurso para que a população se abasteça de comidas e combustíveis é o mesmo de alguns generais e graduados fascistas de pijama, que rodam áudios pelo what’s app alarmando a população para ameaças de golpes armados para tomar o governo.

Portanto, as manifestações dos caminhoneiros não têm nada a ver com greve, nem com sindicatos, trabalhadores, com a luta contra o golpe, a favor da retomada da democracia nem contra a onda perversa neoliberal de destruição do Estado brasileiro e da soberania do Brasil.

Pelo contrário, os golpistas são azeitados pelo fascismo e querem mais um paço no “amolecimento” da resistência democrática e nacional contra essa onda canalha do golpe, que inferniza nosso país e ameaça toda a América Latina com muito banho de sangue.

São as forças “ocultas” que manobram os caminhoneiros para atrair a intervenção militar.

O vampirão neoliberalista MiSchell Temer “decretou” o uso da polícia rodoviária federal, da polícia federal, da força nacional e, daqui a pouco, o exército completará o espetáculo do golpe, jogando as forças armadas em mais uma aventura no massacre da democracia e no esmagamento total da soberania do Brasil.

A aventura se dará no momento em que ninguém obedecerá ao falso presidente do Brasil, que ocupa indevidamente o posto graças à traição, ao golpe dado pelos canalhas, entre os quais ele, comandado pela Globo a serviço do imperialismo internacional, que já cerca a Venezuela na tentativa de um golpe militar com banho de sangue.

No Jornal Hoje  de 25/05/18 o vampirão fez um discurso eivado de ódio e de ameaças. O incrível é que o texto do discurso foi o mesmo das “reporcagens” dos “repórteres” externos da Globo, mostrando tudo o que o usurpador da presidência disse nas sua aleivosias, na verdade elaboradas na editoria da Rede Globo, como indica a semelhança do que fizeram na programação do noticiário.

Recomendo a leitura dos pequenos mas significativos artigos da socióloga Marília Moschkovich,  do professor e jurista Afrânio Silva Jardim e de jornalistas sobre o locaute, testa de ferro criminoso que manipula os caminhoneiros.

Abraços críticos e fraternos na luta contra as injustiças capitalistas e na construção de sociedade mais justa.

Colabore com o Blog

Um comentário

  1. Infelizmente é assim que está funcionando. Tenho amigos e conhecidos que são caminhoneiros e percebe-se que estão sendo muito mal orientados.
    DDo inicio do movimento até o final não fizeram nenhuma proposta aguda e socialmente engajada que denotasse que soubessem do porquê os preços dos combustíveis está tão elevado.
    Aí já sabemos o que acontece com um soldado que vai pra guerra e não sabe quem é o seu inimigo.
    Aliás, essa é a grande estratégia do sistema financeiro. Se manter oculto enquanto confunde e desune as pessoas e os movimentos sociais.

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com * são obrigatórios *