gladeadores_paramilitares

Setores neopentecostais no Brasil se preparam para assumir papel modelo Estado Islâmico

Grupos ditos neopentecostais e autodenominados evangélicos vêm há décadas se organizando para tomar o Estado brasileiro com o objetivo de implantar  um regime teocrático.

Pela marcha tresloucada dos donos de igrejas empresas, tão arraigadas à fome de poder econômico e de lucros como quais outras do mercado dominante, o projeto não deixa nada a desejar às crueldades sanguinárias do congênere Estado Islâmico.

Tal tropelia já é percebida pelo judiciário, pelo menos pela ANDES (Associação Nacional de Desembargadores),  do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE) que, pela voz de seu   presidente o desembargador Bartolomeu Bueno conclama a Policia Federal e o Ministério Público Federal a assumirem suas responsabilidades na defesa da Constituição Federal, ameaçada em sua cláusula pétrea, artigo 5º, inciso XVII, que assim dispõe: é plena a liberdade de associação para fins lícitos, vedada a de caráter paramilitar.

No  perfil de sua conta sua conta  no Facebook o Desembargador Bartolomeu denuncia que o “o General de Deus da Igreja Universal do Reino de Deus – IURD, criou grupos paramilitares chamados de Gladiadores do Altar, trajando fardamento e fazendo treinamento militar, para atuarem no Brasil e outros países onde a IURD  como funciona a serviço do mercado e no saque do dinheiro popular.

Veja o vídeo abaixo do Canal Cartas Proféticas com a análise séria deste problema que soma à destruição da  república brasileira e quais as soluções para esta e outras ameaças.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um comentário

  1. Desembargador denuncia a formação de organizações paramilitares por parte de igrejas que desejam Estado teocrático fundamentalista e terrorista. Ajude-nos a movimentar o blog compartilhando somente o link do Cartas Proféticas. http://cartasprofeticas.org/setores-neopentecostais-no-brasil-se-preparam-para-assumir-papel-modelo-estado-islamico/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.