WhatsApp-Image-2017-09-12-at-13.18.56

Trabalhadores sem teto dão grandioso exemplo de que mobilização organizada vence!

Mais de 6.500 famílias acampadas em terro abnadonado há mais de 40 anos em São Bernardo, SP, enfretam a polícia da prefeitura inimiga do povo e dos pobres e o judiário e vence demanda judicial com suspensão temeporária de reenintegração de posse.

Tal prática prova de modo altissonante que somente há desesperança e desânimo na letargia, no individualismo, na desmobilização e nas choradeiras sem mobilização e sem luta.

“O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) conseguiu uma vitória importante em relação à ocupação, que já dura 14 dias, de um terreno ocioso em São Bernardo do Campo, região do ABC paulista. O Tribunal de Justiça de São Paulo suspendeu, nesta sexta-feira (15), a liminar de reintegração de posse, reivindicada pela construtora proprietária da área. “Inicialmente, um juiz plantonista deferiu essa liminar, mesmo se tratando de um terreno que está abandonado há quatro décadas. Para se ter uma ideia das condições do local, em 2014, a prefeitura havia notificado os donos no sentido de que elaborassem um projeto para que a área ganhasse uma função social, o que está previsto em lei, sob pena de desapropriação. Recolhemos todas essas informações e apresentamos ao desembargador, que concedeu efeito suspensivo, revogando a liminar”, explica Felipe Vono ao site Forum o advogado do MTST.

No dizer do advogado Felipe Vono para o movimento não basta conseguir a posse da área. “O que nós estamos reivindicando é que seja realizada uma audiência de conciliação ampla, reunindo o MTST, o proprietário e o poder público em todas as esferas, com o objetivo de encontrar uma saída que atenda às demandas de 6.500 famílias, uma vez que São Bernardo é a cidade que apresenta o maior déficit habitacional da região do ABC, totalizando cerca de 100 mil famílias sem moradia”.

Leia toda a noticia de Lucas Vasques.

Ajude-nos a romper as barreiras das manipulações e mentiras da mídia comercial. Colabore com o blog Cartas Proféticas.

Compartilhar:



Um Comentário

  1. quem sabe outros movimentos sigam o exemplo e se organizem... de maneira pacifica e ordeira... talvez consigam que seja feita justiça... que algum togado se sensibilize com a situação precária de cada família...

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.