um mês sem marielle

Um mês sem Marielle e as amargas lições!

Há um mês balas assassinas sangraram e mataram Marielle e Anderson. Os asssinos, produtores de cadáveres, chegaram ao mais baixo nível humano ao extinguir a vida de dois patriotas.

Porém, quem mata a balas é sócio de quem mata reputações na destruição das imagens do próximo. O caminho do inferno é o mesmo para quem mata imgens e para quem faz cadáveres.

Acesse o video abaixo com análise aprofundando essa questão. 

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com * são obrigatórios *