Pastor Sargento Isidório

Um pastor da Assembleia de Deus se afasta do inferno e desiste do fascista Jair Bolsonaro

As pessoas honradas podem até se enganar e o engano pode implicar em desastres e mortes de inocentes.

Porém, as pessoas guiadas por valores moriais e pelo caráter –  o que não é o caso de muitos ditos cristãos que, como boiada, seguem a marcha da insenatez desonrosa,  empurrando o Brasil para as trevas – lá no fundo de suas consciências têm a luminosidade moral que as acorda, felizmente.

Este é o caso do Pastor Sargento Isidório da Assembleia de Deus, eleito deputado federal com a maior votação da Bahia.

Depois de se iludir com Jair Bolsonaro, certamente levado de roldão por sua igreja, na maioria uma multidão de cegos,  surdos e mal intencionados, viveu um choque de consciência e se afastou dos maus caminhos do fascismo, da guerra e da ditadura que Bolsonaro, psicopata e antiético,  pretende impor ao Brasil. “Haddad é professor, c asado com a mesma mulher durante 30 anos, pai de família. Fiquei com o filho do diabo mentindo. Descobri o perigo que a nação corre quando alguém diz que policial que não mata não é polícia. Violência gera violência. Vamos pras urnas sabendo que o PT errou, mas quem não errou? Mas não pode generalizar”,  confessou o pastor, que já é deputado estadual na Bahia.

O Cartas Proféticas se solidariza com o Pastor Sargento Isidório e com todos os/as cristãos/ãs e com todos/as os/as cidadãos/ãs honrados/as e patriotas,  que se revisarão até domingo e reorientarão os seus votos, recuperando a dignidade ameaçada de nossa democracia.

Acesse o video abaixo e comprove. 

Colabore com o Blog

Um comentário

  1. Que alívio ouvir isso.
    Sou uma evangélica muito decepcionada com a minha igreja por apoiar o mal encarnado em Bolsonaro.
    Queria muito encontrar um pastor que pensa como o senhor na minha cidade. Deus abençoe!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.