mãe sofre ataque homofóbico

VÍDEO — “Achou que a gente era um casal”: mulher que estava com a filha denuncia agressão em Brasília

Uma mãe atingida brutalmente pelo preconceito, pela homofobia e pelo machismo de um “homem” que a agridiu juntamente com sua filha porque ambas sairam abraçadas de um cinema em Brasília.

Esta mulher fez muito bem em reagir de modo forte e decidido contra a truculência violenta que se abateu contra ela e a filha.

Fatos como o praticado por esse homem carecem de repúdio e de rejeição por parte da sociedade pelo sentido fascista e maléfico que contém.

Acesse o depoimento dessa mãe no vídeo abaixo.

Colabore com o Cartas Proféticas que analisa as notícias, busca os nexos com o todo, com as causas e os efeitos e critica  propositivamente.

Compartilhar:



2 Comentários

  1. QUE ABSURDO! QUE ABSURDO! QUE ABSURDO!

  2. o que fazer quando chegamos a uma situação tão deprimente e vergonhosa como esta... o ódio, o racismo, o machismo, a violência e o preconceito crescem a cada dia... indivíduos sem expectativa de vida... infelizes.... que não sabem o que é amar e ser amados... resolvem descontar suas frustrações e inveja em pessoas que sabem encontrar o caminho para a felicidade e realização pessoal...
    Solange estava abraçada com a filha... foi agredida e humilhada publicamente por um infeliz sem caráter... é uma mulher forte, decidida, que sabe se defender... soube enfrentar a situação, como o fez... só que a marca ficou... com o emocional abalado, preocupada com a filha de apenas 20 anos, ainda encontrou forças para denunciar e relatar o acontecido...
    fico pensando nas humilhações que sofrem os gays... os que não sabem se defender... quantas marcas... quantas feridas na alma devem carregar...
    e o agressor... vai ser penalizado???

Responder

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.
Os comentários expressam a opinião de seus autores e por ela são responsáveis e não a do Cartas Proféticas.