ann mãe de julian assange

A imensa dor da mãe de Julian Assange numa carta aberta ao mundo

Acabei de levar ao ar a última edição de 2021 do Programa Chimarrão Profético,  trabalhando o tema sofrência, palavra resultante de sofrimento e de carência.

Abordei este tema com imenso respeito e seriedade a despeito do lucro enorme que ele deu à subcultura sertaneja.

Identifiquei sofrimentos e carências que se aninham de forma profundamente dolorosa e arrasante nas vidas das pessoas, independente de gênero,  de idades e de condições econômicas. Mas apontei como caminhos de solução a auto revelação da verdade nas pessoas, do aconselhamento como processo libertador e curativo e a abordagem psicoterapêutica, como aproximações que as pessoas devem fazer na construção de soluções.

Da situação individual de sofrência aportei nos macros problemas coletivos e nacionais de sofrimento e de carência de nosso povo.

Quem quiser acessar o vídeo se deparará com exemplos que recolhi durante a vida neste duro processo “poemênico” de consolo e de cura das pessoas em situação de sofrência.

Após terminar o programa, como sempre faço, recorri aos sites sérios em busca de mais informações e reflexões com o objetivo de preparar mais uma postagem aqui. Deparei-me com essa imensa dor de Christine Ann Assange, mãe de Julian Assange, definida em carta aberta ao mundo,  descrevendo o que sente ao ver o seu filho preso, vítima do império americano, cruel e desumano em suas injustiças, mentiras, calúnias, perseguições e destruição de quem o denuncia ao mundo.

Nós brasileir@s conhecemos a tremenda dor da injustiça com  as prisões de seus/suas filh@s inocentes.

Assim foi quando Olga Benário Prestes foi presa e deportada por Getúlio Vargas e pelo STF para o holocausto nazista na Alemanha. Assim foi com inúmeras mães, pais e famílias de presos políticos da ditadura nazista militar, fruto do golpe imperialista de 1964 e, com Luiz Inácio Lula da Silva, preso por mentiras e arranjos de Sérgio Moro e Deltan Dallagnol.

O ex-presidente Lula já se manifestou contra a prisão injusta de Julian Assange, a ex-Presidenta Dilma, também. Mas é preciso muito mais pressão para evitar que esse mártir do jornalismo e da verdade seja deportado pela Inglaterra aos Estados Unidos e morto na terra onde brota a insanidade contra a justiça, a verdade e o mundo.

Leia abaixo a carta de Christine Ann Assange, que é de cortar o coração.

Abraços proféticos e revolucionários,

Dom Orvandil.

*********************************************************************

Carta aberta da mãe de Julian Assange ao mundo

POSTADO EM 30 de dezembro de 2021 por COLAREBO

Há cinquenta anos, quando dei à luz como uma jovem mãe, pensei que não haveria dor maior, mas logo me esqueci quando segurei meu lindo bebê nos braços.

Chamei-o de Julian, mas agora percebo que estava errada. A dor é maior. A dor incessante de ser mãe de um jornalista premiado, que teve a coragem de divulgar a verdade sobre crimes governamentais de alto escalão e a corrupção. A dor de ver meu filho, que tentava publicar verdades importantes.  A dor de ver meu filho, que arriscou a vida para denunciar a injustiça, ser indiciado e privado do direito a um julgamento justo, repetidamente.

A dor de ver um filho saudável se deteriora lentamente, porque lhe foi negado atendimento médico e de saúde adequados em anos e anos de prisão. A angústia de ver meu filho submetido a cruel tortura psicológica, na tentativa de quebrar seu imenso espírito. O pesadelo constante dele sendo extraditado para os Estados Unidos e então passando o resto de seus dias enterrado vivo em completo isolamento.

O medo constante de que a CIA execute seus planos para assassiná-lo. A onda de tristeza quando vi seu corpo frágil cair exausto de um mini-derrame na última audiência, devido ao estresse crônico.  Muitas pessoas ficaram traumatizadas ao ver uma superpotência vingativa que usa seus recursos ilimitados para intimidar e destruir um indivíduo indefeso.

Quero agradecer a todos os cidadãos decentes e atenciosos que protestam globalmente contra a brutal perseguição política que Julian sofreu. Continue a falar aos seus políticos até que tudo o que eles possam ouvir. Sua vida está em suas mãos. ~ Christine Ann Assange ~ #YoSoyAssange #JusticiaPorJulian

********************************************************************************************

PROGRAMAÇÃO DO CANAL E DO SITE CARTAS PROFÉTICAS

– Chimarrão Profético: todas as terças e quintas feiras, às 11 horas;

– Leitura Profética: todas as quarta feiras, às 11 horas;

– Fé e  Luta: todos os sábados, às 11 horas;

– Mergulho nas Notícias: todas as segundas feiras, às 10 horas;

– Arte e Vida: todas as sextas feiras, às 19 horas;

– Reflexão do Evangelho: todos os domingos (programa gravado);

– Vigília e Resistência na Pandemia;

– Impactos das Notícias: notícias analisadas a qualquer momento (ao vivo).

Apoie este projeto com sua doação  pelo  Pix domorvandil@gmail.com.

Acesse e leia mais. Compartilhe:

Inscreva-se, ative o sininho, comente, dê likes, compartilhe e apoie sempre!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.